A Alimentação na Fibrose Cística

Categoria: Entendendo a Fibrose Cística - Postador por: Instituto Unidos pela Vida - Data: 17 de dezembro de 2014

ChefCrianças e adultos precisam estar cientes do que comem, independente se foram diagnosticados com alguma doença que afeta o sistema digestivo ou não. Para pessoas com Fibrose Cística (FC), é importante, além de escolher as refeições corretas, ter atenção na qualidade, quantidade e na frequência que as refeições são realizadas.

A Fundação de Fibrose Cística (Cystic Fibrosis Foundation) recomenda que as necessidades alimentares sejam definidas de acordo com a idade, peso e altura. É importante que em todas as idades os pais estejam atentos aos comportamentos alimentares de seus filhos, seja com recém nascidos, crianças ou adolescentes. Durante esses estágios, as escolhas e os hábitos alimentares podem influenciar toda a vida da criança.

Como a Fibrose Cística afeta a nutrição?

A maioria das pessoas com FC também possuem uma condição conhecida como insuficiência pancreática exócrina, o que significa que as enzimas digestivas do pâncreas não conseguem chegar até o intestino para auxiliar no processo de digestão de nutrientes importantes, como gorduras, carboidratos e proteínas. Se esses nutrientes não são digeridos corretamente, todas as vitaminas e minerais neles contidos não serão absorvidos pelo corpo. Pacientes que comprovem essa condição, precisam tomar suplementos enzimáticos para o pâncreas.

Para ingerir calorias suficientes, promovendo assim um ganho de peso e estatura, a maioria das pessoas com FC podem precisar de duas vezes mais calorias do que uma pessoa que não possui a doença. Além disso, para garantir que a quantidade adequada de vitaminas está disponível ao organismo, um poli-vitamínico desenvolvido para pessoas com FC é geralmente prescrito.

Embora seja necessário o consumo de calorias extras, isso não significa que é indicado ter batatas fritas com queijo e sanduíches calóricos como a única forma de alimentação! É necessário uma alimentação balanceada nas refeições, assim como lanches saudáveis, para assim permanecer com o ganho de peso, altura e saúde nutricional.

Link original: CF Chef

Traduzido por Leandro de Oliveira Martins: Graduado em Recursos Humanos pela Faculdade Tecnológica OPET – Curitiba, professor de Inglês na Global Language School, atua como voluntário no Hospital Cajuru no acompanhamento solidário de pacientes e é voluntário de Relações Internacionais no Instituto Unidos pela Vida, também colaborando com a tradução de textos técnicos para publicação em nosso site.

Nota importante: As informações aqui contidas tem cunho estritamente educacional. Em hipótese alguma pretendem substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas.

Você vai gostar também...

Newsletter

Assine o nosso boletim informativo mensal. Clique aqui