Dia 09 – Barbara Nunes Canterle | #30DiasdeFibra

Categoria: Depoimentos - Postador por: Comunicação IUPV - Data: 09 de setembro de 2019

Meu nome é Bárbara Nunes Canterle, tenho 23 anos, moro em Indaial/SC e descobri a Fibrose Cística aos 14 anos. Eu sempre tratei a doença como algo normal para mim. Completei o ensino médio sem repetir nenhum ano, fiz natação, joguei futebol e nunca me privei de nada.

Eu me formei em Processos Gerenciais e sempre gostei muito de estudar. Depois da formatura já comecei um curso técnico em saúde bucal e finalizei em 2018. Em alguns dias, tive que ir para as aulas com o oxigênio, mas nada que me impedisse de realizar as atividades e de fazer tudo como meus colegas faziam.

A Fibrose Cística nunca me impediu de nada. Logo que fiz 18 anos já tirei minha carteira de motorista e sempre dirijo. Sempre fui muito independente e amo a liberdade. Também comecei a fazer pilates, atividade que virou uma nova paixão e que também ajuda no fortalecimento pulmonar.

Eu me casei em 2015 e todo o ano, em outubro, eu e meu marido fazemos uma viagem para comemorar mais um ano de casados. Eu adoro viajar, passear e visitar amigos. Ficar parada é realmente muito difícil para mim.

Tenho o grande sonho de receber meus novos pulmões e já estou no processo para entrar na fila de transplante. Eu quero terminar meu estágio e seguir a profissão, inclusive já até passei em um concurso aqui da minha cidade. Também tenho o sonho de ampliar minha família, da forma que Deus permitir, e quero viver. Na verdade, continuar a viver, pois a Fibrose Cística nunca me tirou nada. Algumas vezes, ela só pede uma pausa.       

Eu acredito muito que Deus só dá pra gente aquilo que suportamos e que estamos sempre em fase de crescimento e aprendizado. A Fibrose Cística, para mim, é uma lição para algo muito maior e que ainda está guardado para o meu futuro.

A Fibrose Cística é parte do que sou, e não o limite do que eu posso ser.               

Nota importante: As informações aqui contidas tem cunho estritamente educacional. Em hipótese alguma pretendem substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas.                                                                                                                               

Você vai gostar também...

Newsletter

Assine o nosso boletim informativo mensal. Clique aqui