Dicas de Alimentação Infantil – Receita de papa de frutas para viagem

Categoria: Vivendo com FC - Postador por: Instituto Unidos pela Vida - Data: 30 de junho de 2013

Quem já não passou um sufoco na hora de dar enzimas para os pequenos de fibra?  Eu já! 🙁 Não é uma situação muito fácil no início, mas, com o tempo vamos pegando o jeito e encontrando as “nossas melhores maneiras de dar enzimas”.

Para facilitar a vida das mamães e dos papais que entram em desespero só de ver as tais bolinhas, desenvolvi uma receita de papa doce de frutas que será muito útil principalmente em viagens, dentro do ônibus, avião ou carro, na espera da consulta do médico, ou seja, em situações em que fica complicado dar as enzimas e até mesmo para agilizar o dia a dia. Então vamos lá!

Precisaremos de:

– Panela de cozinhar no vapor ou cuscuzeiro;
– As frutas podem ser: manga, banana, maçã ou pêra (ai vai da nossa imaginação e combinar os sabores, meu filho gosta mais destas);
– Liquidificador ou mixer;
– Uma panelinha comum ou papeiro;
– Dois potinhos de vidro de papinha pronta (tipo Nestlé) vazios e lavados;

Mão na massa! Ou melhor, “mão na fruta!” 🙂

Para esta receita eu usei:

– Uma manga rosa média
-Duas bananas prata pequenas ou uma grande
– Uma maçã pequena

Descasque as frutas e corte em pedaços e ponha na panela de cozinhar no vapor, como mostra a foto 5. O tempo de cozimento leva mais ou menos 20 minutos. As frutas escurecem um pouco depois de cozidas, assim como na foto 6.

Agora, coloque a manga cozida no liquidificador e bata. Peneire a manga batida para tirar o excesso de fibras, assim como nas fotos 7 e 8. Devolva a polpa da manga para o liquidificador e bata com o restante das frutas (maçã e banana), igual na foto 9. Depois de batido ponha a mistura no papeiro e reserve.

Foto 10

Foto 10

Pegue os potes de vidro esquente a boca dos potes no fogareiro do fogão até ficar bem quente de modo que sua mão suporte e faça com que o calor entre no pote para que seja retirada toda umidade, como mostra a foto 10. Coloque a tampa em cima do pote só para apanhar um pouco de calor do pote aquecido.

Pegue a mistura de frutas no papeiro e leve no fogo só para aquecer. Com a papa de fruta  ainda quente encha os vidros de papinha e feche-os imediatamente com a tampa. Quanto mais quente a papa entrar no pote e mais rapidamente for fechado, melhor será, pois a alta temperatura criará um vácuo dentro dos potinhos que ajudará a conservar a papinha de fruta caseira.

Depois dos potes cheios, vire-os de cabeça para baixo e deixe esfriar assim. Se quiser pode deixar esfriar dessa maneira dentro da geladeira, assim como na foto 11. Ao abrir os potes, ouvirão um “ploc”! Parecido com as de mercado #SóQueNão! Aliás, a papa de fruta caseira é muito melhor do que estas, pois não possuem farinha de arroz, amido e algumas até óleo de palma/palmiste em conjunto com conservantes e as comidas prontas de bebê não tem nada de saudável (Fotos 12 e 13). A presença destes ingredientes a mais contra-indica seu consumo sem enzimas.

Pronto! Agora temos papinhas de fruta que podem durar até 24 horas em pequenas bolsinhas térmicas de mamadeiras. 🙂

Espero que os pequeninos aprovem! Beijinhos no coração!

Érika Laiza

Nota importante: Esta receita foi compartilhada pela Erika Moreira, mãe de um menino com Fibrose Cística. As informações aqui contidas tem cunho estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas.

Você vai gostar também...

Newsletter

Assine o nosso boletim informativo mensal. Clique aqui