Pais e filhos que correm participam de prova no Dia dos Pais

Categoria: Equipe de Fibra - Postador por: Instituto Unidos pela Vida - Data: 11 de agosto de 2013

A Equipe de Fibra, em parceria com a Associação Carioca de Assistência à Mucoviscidose (ACAM-RJ), reune o time para mais um desafio. Dessa vez em uma data especial: o Dia dos Pais.

A equipe participará das três distâncias da etapa do Circuito Athenas que acontecerá no Aterro do Flamengo no dia 11/8.

Nos 5Km, Thamiris Sabas, primeira atleta com fibrose cística a integrar a equipe, vai acompanhar os iniciantes João Pedro e Lellison.

Nos 8Km o estudante João Briel, de 16 anos tentará melhorar seu desempenho. João que já pratica futebol, quer agora se destacar também nas pistas. “João se saiu muito bem nos treios e na sua primeira prova no início de junho. Esperamos que ele faça bonito no domingo.” Diz seu pai Isaias Briel de 59 anos, taxista, que depois de mais de dez anos sem correr, começou a treinar para acompanhar o filho e também vai correr na prova de 8Km.

Nos 16Km (10 milhas), quem representará o time será Cristiano Silveira, biólogo de 39 anos, coordenador do projeto. Em 2011 ele começou a correr inicialmente para melhorar a própria saúde e incentivar o filho então com 6 anos a se exercitar. Depois de ver alguns exemplos de iniciativas parecidas em outros países, ele idealizou o projeto que visa demonstrar a importância da atividade física na vida das pessoas com fibrose cística, e que hoje já reúne cerca de 200 atletas que participam de provas em todo o país divulgando a ideia.

A Equipe de Fibra é um projeto do Instituto Unidos pela Vida, ONG fundada em outubro de 2009 pela psicóloga Verônica Stasiak que, aos 23 anos, recebeu o diagnóstico tardio para a fibrose cística. Após muitos internações, cirurgias e passagens por UTI´s, provocadas pela demora no diagnóstico, Verônica começou o tratamento adequado e resolveu unir forças para divulgar e conscientizar a população acerca da doença.

A fibrose cística é uma doença genética e seus principais sintomas são pneumonia de repetição, tosse crônica, dificuldade para ganhar peso e estatura, perda de gordura pela fezes, pólipos nasais e o suor mais salgado. Quanto antes a fibrose cística for identificada, melhor. É possível triá-la através do Teste do Pezinho, que deve ser feito entre o 3º e 7º dia de vida do bebê. A confirmação do diagnóstico é feita através de exames complementares. Após o diagnóstico, o tratamento é iniciado de acordo com a manifestação clínica de cada paciente. Porém, na grande maioria dos pacientes, a fisioterapia e a atividade física faz parte do tratamento diário.

A equipe recebe apoio da assessoria esportiva UP Sports e da confecção REI – Roupa Esportiva Inteligente.

Nota importante: As informações aqui contidas tem cunho estritamente educacional. Em hipótese alguma pretendem substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas.

 

Newsletter

Assine o nosso boletim informativo mensal. Clique aqui