Entenda qual a função dos polivitamínicos na Fibrose Cística e saiba como utilizá-los

Categoria: Coluna Científica - Postador por: Comunicação IUPV - Data: 18 de março de 2019

Você sabia que as  vitaminas são substâncias químicas que nosso organismo necessita, mas que não consegue produzir? Com exceção da vitamina D (produzida durante a exposição ao sol), e das vitaminas B6 e biotina (produzidas por microorganismos presentes no intestino), as demais vitaminas são ingeridas através da nossa alimentação, encontradas em alimentos como frutas, verduras, legumes, carne, leite, ovos e cereais. A ingestão destas substâncias são essenciais para o bom funcionamento das nossas funções vitais, como fortalecer o sistema imunológico, regeneração da pele e regular o metabolismo.

As vitaminas são divididas em dois grupos, conforme a sua solubilidade. O primeiro grupo  é composto pelas vitaminas lipossolúveis, que são as vitaminas solúveis em gordura. Fazem parte deste grupo as vitaminas A, D, E e K. O segundo grupo é o grupo das vitaminas hidrossolúveis, que são as solúveis em água, composto pelas vitaminas do complexo B e vitamina C. No entanto, na fibrose cística, a insuficiência pancreática e a falta do acúmulo de bile podem levar em alguns casos  à má absorção das vitaminas do grupo das lipossolúveis, aumentando o risco de comorbidades.

Os suplementos vitamínicos específicos para pacientes com fibrose cística já são formulados para que seja possível absorver as vitaminas lipossolúveis, e seu uso inadequado pode acarretar em uma hipovitaminose (falta de vitaminas no organismo), sendo fundamental a ingestão destes polivitamínicos, pois todas as concentrações de vitaminas presentes nestes suplementos respeitam os documentos que orientam os cuidados para quem tem fibrose cística.

Para entendermos a importância das vitaminas para nosso corpo, vamos verificar a função de cada uma e onde elas podem ser encontradas:

Lipossolúveis – Solúveis em gordura

Vitamina A: Crescimento, imunidade, visão, manutenção das membranas e mucosas. São encontradas nos óleos de peixe, gema do ovo, vegetais verdes, amarelos e laranjas.

Vitamina D: Absorção de cálcio e fósforo e crescimento ósseo. Algumas fontes são luz solar na pele, laticínios com gordura, ovos, fígado, margarina enriquecida e peixes gordurosos.

Vitamina E: Antioxidante, protege contra doenças e protege as membranas das células. São encontradas na manteiga, cereais, ovos, margarina enriquecida, nozes e sementes, germe de trigo, óleos vegetais.

Vitamina K: Ajuda a coagulação sanguínea. Encontradas em hortaliças de folhas verdes e também é produzida por bactérias intestinais.

Hidrossolúveis – Solúveis em Água

Vitamina B1:  Metabolismo dos carboidratos, manutenção dos músculos e nervos. Encontradas no germe de trigo, cereais enriquecidos, feijões, nozes e sementes, carne de porco, arroz integral.

Vitamina B2: Respiração celular, manutenção e restauração dos tecidos. Encontradas no abacate, cereais enriquecidos, laticínios, ovos, nozes, germe de trigo, levedo.

Vitamina B3: metabolismo dos carboidratos, manutenção da pele, sistema nervoso e sistema digestivo. Encontradas em peixes, farinhas e cereais enriquecidos, fígado, carne vermelha, amendoim, levedo, grãos integrais.

Vitamina B5: Metabolismo de carboidratos, gorduras e proteínas, manutenção do sistema nervoso. Encontradas em peixes, legumes, aves, grãos integrais, iogurte, também é produzido por bactérias intestinais.

Vitamina B6: Formação de glóbulos vermelhos e anticorpos, metabolismo de proteínas. Encontradas em bananas, peixes, carne vermelha, batatas, também é produzida por bactérias intestinais.

Vitamina B9: Produção do DNA, divisão celular, formação de glóbulos vermelhos e brancos. São encontradas em carne vermelha, suco de laranja, leguminosas, hortaliças, germe de trigo, farinha de trigo integral, levedo.

Vitamina B12: Produção do DNA, manutenção do sistema nervoso, ajuda no funcionamento do ácido fólico. Encontradas em cereais enriquecidos, queijo, ovos, carne vermelha, peixe, ostras.

Biotina: Metabolismo de gorduras. São fontes a gema de ovo, nozes, produtos de soja, germe de trigo, levedo, também é produzida por bactérias intestinais.

Vitamina C: Antioxidante, manutenção do tecido conjuntivo e das paredes celulares. São fontes as frutas, verduras, legumes, em especial passas pretas cruas, frutas cítricas, tomates, pimentas e batatas.

Minerais

Zinco: Cicatrização de ferimentos, reação imune, síntese de DNA, essencial para crescimento e reprodução. São encontrados nas ostras, carne vermelha, iogurte e em cereais enriquecidos.

Selênio: Atua na produção de energia, protege as membranas celulares contra o dano oxidativo. Encontrados nas aves, frutos do mar, vísceras, produtos a base de grãos integrais, cebolas, alho e cogumelos.

Dica importante: para uma melhor absorção dos polivitamínicos, sugere-se que sua ingestão seja feita juntamente com os alimentos, preferencialmente não muito rico em fibras, ou de acordo com a orientação médica.

Tem alguma dúvida sobre a Fibrose Cística que gostaria de ler em nosso portal? Comente aqui para sabermos!

 

Por Vinícius Bednarczuk de Oliveira, farmacêutico, diretor científico do Instituto Unidos pela Vida, Pós Doutorando em Ciências Farmacêuticas pela Universidade Federal do Paraná, professor universitário, conselheiro do Conselho Regional de Farmácia do Paraná, diretor da Catálise Consultoria Científica.

Referências:

ATHANAZIO, Rodrigo Abensur et al. Diretrizes brasileiras de diagnóstico e tratamento da fibrose cística. Jornal brasileiro de pneumologia. Brasília. Vol. 43, no. 3 (mai./jun. 2017), p. 219-245, 2017.

Cystic Fibrosis Foudation – https://www.cff.org/Life-With-CF/Daily-Life/Fitness-and-Nutrition/Nutrition/Getting-Your-Nutrients/Vitamins/

Dekasvitamins.com – http://dekas.alveolus.nl/wp-content/uploads/2018/02/DEKAs-Website-CF-15-Jan-2018.pdf

Instituto Unidos pela Vida – http://unidospelavida.org.br/importancia-das-vitaminas-tratamento-da-fibrose-cistica/

Nota importante: As informações aqui contidas tem cunho estritamente educacional. Em hipótese alguma pretendem substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas.

Você vai gostar também...

Newsletter

Assine o nosso boletim informativo mensal. Clique aqui