Novos e positivos resultados são anunciados para a terapia de combinação tripla

Categoria: Notícias - Postador por: Comunicação IUPV - Data: 07 de março de 2019

Em 07 de março de 2019, a Vertex divulgou resultados positivos dos testes clínicos preliminares para a potencial terapia de combinação tripla VX-445 e Tezacaftor / Ivacaftor (Symdeko).

A Vertex, em um comunicado oficial, anunciou resultados positivos no estágio final de duas pesquisas clínicas em andamento com uma terapia em potencial que consiste da combinação tripla que inclui o fármaco VX-445 para o tratamento da Fibrose Cística.

O primeiro estudo testou o uso do VX-445 combinado com Tezacaftor / Ivacaftor (que compõem o Symdeko) em pessoas com FC,  de 12 anos ou mais e que possuem uma cópia da mutação delta F508 e outra mutação com função mínima do CFTR. Os resultados indicaram que, após 28 dias, os participantes que receberam a terapia tiveram aumento de 13,8% na função pulmonar em comparação com os participantes que tomaram placebo.

O segundo estudo incluiu pessoas com FC, de 12 anos ou mais e que possuem duas cópias da mutação delta F508. A pesquisa comparou a eficácia do VX-445 combinado com Tezacaftor / Ivacaftor ao uso do Tezacaftor / Ivacaftor isoladamente. Os participantes que receberam a combinação tripla tiveram uma melhora de 10% na função pulmonar após 28 dias em relação àqueles que receberam somente o Tezacaftor / Ivacaftor sem o VX-445.

“Os resultados de hoje reafirmam nossa confiança de que a terapia tripla trará benefícios significativos para a comunidade da FC e que ela tem o potencial de ampliar as terapias moduladoras para tratar a causa subjacente da FC em mais de 90% das pessoas com a doença”, afirma Michael P. Boyle, vice-presidente sênior de desenvolvimento terapêutico da Cystic Fibrosis Foundation. “Este seria um passo incrível em direção ao nosso objetivo de garantir que todas as pessoas com FC tenham tratamento eficaz”.

A combinação do VX-445 é uma das duas potenciais terapias de combinação tripla que foram submetidas a ensaios clínicos de última geração pela Vertex desde 2018. Os resultados preliminares para o VX-659, outro candidato, em combinação com Tezacaftor / Ivacaftor foram liberados em novembro.

Após a conclusão dos estudos para ambos os candidatos (combinação tripla do VX-445 e VX-659), a Vertex decidirá qual deles será apresentado à Food and Drug Administration (FDA) dos Estados Unidos para aprovação. A Vertex indicou que irá apresentar essas novas aplicações de medicamentos ao FDA durante o terceiro trimestre de 2019 e espera o resultado da FDA para 2020.

Se aprovado pela FDA, a combinação tripla será o primeiro modulador da CFTR que poderia, com tempo, beneficiar a maioria das pessoas com FC que possuem uma única cópia da mutação delta F508.

As terapias de combinação tripla representam um avanço significativo no tratamento da FC. No entanto, a Cystic Fibrosis Foundation continua firme em seu compromisso de encontrar tratamentos para a causa subjacente da doença para todas as pessoas com FC, ampliar os programas em andamento para lidar com mutações raras que ainda não se beneficiarão dos moduladores da CFTR, e também, contribuir com o desenvolvimento de tratamentos para as complicações da doença.

 

Fonte: New, Positive Results Announced for Triple-Combination Therapy. Cystic Fibrosis Foundation. 07 de março de 2019. Disponível em: https://www.cff.org/News/News-Archive/2019/New-Positive-Results-Announced-for-Triple-Combination-Therapy/?utm_source=newsletter&utm_medium=email&utm_content=READ%20MORE&utm_campaign=VX-445%20triples.

Tradução: Julianna Rodrigues Beltrão, acadêmica do 9º período de Psicologia da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR); presidente da Liga Acadêmica de Humanização do Cuidado em Saúde (LAHCS); responsável pela área de Projetos e Psicologia do Unidos pela Vida – Instituto Brasileiro de Atenção à Fibrose Cística.

Revisão: Verônica Stasiak Bednarczuk de Oliveira, psicóloga – CRP 08/16.156, especialista em análise do comportamento, fundadora e diretora geral do Unidos pela Vida – Instituto Brasileiro de Atenção à Fibrose Cística, diagnosticada com FC aos 23 anos de idade.

Nota importante: As informações aqui contidas tem cunho estritamente educacional. Em hipótese alguma pretendem substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas.

Você vai gostar também...

Newsletter

Assine o nosso boletim informativo mensal. Clique aqui