Uma rotina de cuidados e de liberdade para descobrir o mundo!

Categoria: Depoimentos - Postador por: Comunicação IUPV - Data: 24 de dezembro de 2020

Por Andréia Graupner, mãe de fibra da Maria Luiza, de 2 anos de idade e diagnosticada com Fibrose Cística

Para começar como colunista do Unidos pela Vida – Instituto Brasileiro de Atenção à Fibrose Cística, não tive muita dificuldade para escolher o tema do meu texto de estreia. Neste espaço, quero fazer mais do que apenas compartilhar a rotina de tratamento da minha filha Maria Luiza, diagnosticada com Fibrose Cística quando tinha apenas um mês de vida. Com esse texto, quero mostrar que deixamos nossa salgadinha livre para aproveitar a magia envolvida em descobrir o mundo e tudo de mais divertido e encantador que ele possa ter nessa fase da vida.

Por trás de toda uma rotina de tratamento que envolve inalações, fisioterapias e uso de medicamentos, nossa família se esforça muito para tornar o dia a dia da Mariazinha a mais leve e cheia de diversão possível. Ela adora ir para o ginásio comigo e assistir aos treinos de vôlei. Lá ela tem muita diversão e travessuras.

Lá no ginásio tem mão suja sim e tem pés no chão também. A Maria é uma criança saudável, feliz e que tem todo o direito e liberdade para descobrir o mundo. É claro que isso não quer dizer que não tomamos todos os cuidados recomendados para que ela não tenha sua saúde prejudicada, mas isso não significa viver presa às regras. Deixamos ela aproveitar ao máximo!

Depois de um dia de muita diversão, brincadeiras e alegria da Maria acompanhando nosso treino, um bom banho e álcool em gel sempre por perto nos ajudam a eliminar toda a sujeirinha adquirida durante suas travessuras. E assim aproveitamos, sempre juntas!

E o que tudo isso significa? Significa que nosso dia a dia e momentos de lazer não são impactados pela Fibrose Cística. Não deixo de levar minha filha aos jogos de vôlei porque ela pode se sujar. Meu marido não deixa de levá-la para vê-lo com os cavalos só porque pode ter poeira. Eu quero que minha filha, que tem 2 aninhos e uma vida toda pela frente, possa aproveitar e criar memórias do nosso lado e crescer feliz!

Nota importante: As informações aqui contidas tem cunho estritamente educacional. Em hipótese alguma pretendem substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas.

Você vai gostar também...

Newsletter

Assine o nosso boletim informativo mensal. Clique aqui