Medicamento é coisa séria: 5 dicas para fazer o uso racional de medicamentos que você precisa saber

Categoria: Central de Conteúdo - Postador por: Comunicação IUPV - Data: 05 de maio de 2020

O dia 05 de maio marca a passagem do Dia Nacional do Uso Racional de Medicamentos, data criada com o objetivo principal de alertar a população sobre os riscos que a automedicação pode trazer para a nossa saúde e qualidade de vida. Por isso, o Unidos pela Vida – Instituto Brasileiro de Atenção à Fibrose Cística, trouxe 5 dicas para que você utilize os medicamentos racionalmente e proteja a sua saúde e as pessoas ao seu redor. Confira!

1. Utilize os medicamentos nas doses corretas indicadas

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), utilizamos os medicamentos de forma racional quando recebemos essas drogas em doses adequadas às nossas necessidades individuais no momento e após indicação médica. Utilizar doses menores ou maiores pode trazer prejuízos para a sua saúde, por isso, respeite sempre o que for indicado pelo profissional da saúde que consultou.

2. Indicação médica é fundamental!

A automedicação pode trazer riscos para a sua saúde! Por isso, é importante que você não faça uso de nenhum medicamento sem antes ter a indicação médica para isso. Caso esteja se sentindo mal, procure ajuda profissional. Aproveite essa oportunidade para esclarecer suas dúvidas sobre os medicamentos recomendados, esclarecer a dose que precisará ser utilizada, quantas vezes ao dia e por quanto tempo. Além disso, é importante que você informe ao profissional sobre os medicamentos que você já utiliza e se possui alguma alergia.

3. Use durante o tempo recomendado

É fundamental que a pessoa que recebeu a indicação para o uso do medicamento o utilize apenas durante o período recomendado pelo profissional da saúde consultado. Não interrompa ou prolongue a utilização sem receber orientações médicas.

4. Cuidados na hora de armazenar

Na hora que adquirir o medicamento, solicite ao farmacêutico informações sobre sua correta armazenagem. No geral, eles sempre precisam ficar protegidos da luz, umidade e calor. Você também pode encontrar essas informações realizando a leitura da bula ou da embalagem do medicamento. O ideal é sempre manter o item dentro da sua própria embalagem, junto com a bula. Isso facilitará a identificação e evitará que você se confunda na hora da utilização.

5. Descarte os medicamentos de maneira correta

É muito comum que, após o uso, as pessoas descartem os medicamentos que sobraram no lixo comum, no vaso sanitário ou até mesmo na pia da cozinha. Essa atitude é incorreta e pode trazer riscos para outras pessoas e para a natureza! Ao descartar no lixo comum, esses medicamentos podem ser utilizados de maneira incorreta por pessoas que trabalham com coleta seletiva, o que pode causar intoxicação. Além disso, quando descartamos na rede de esgoto, é possível que aconteça a contaminação da água e do solo da região.

Por isso, quando precisar descartar um medicamento, procure um posto de coleta da sua cidade. Na maioria das regiões do país é possível fazer esse descarte em farmácias, drogarias e até mesmo em postos de saúde e hospitais. 

Seguindo essas recomendações você estará cuidando da sua saúde e da saúde das pessoas ao seu redor. Evite a automedicação, descarte os medicamentos que não for mais utilizar de maneira correta e, em caso de dúvidas sobre a utilização e armazenagem, procure sempre o seu médico ou farmacêutico!

Por Kamila Vintureli

Referências:

https://www.saude.gov.br/saude-de-a-z/uso-racional-de-medicamentos

https://www.crf-pr.org.br/pagina/visualizar/291

http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/cartilha_promocao_uso_racional_medicamentos.pdf

Nota importante: As informações aqui contidas tem cunho estritamente educacional. Em hipótese alguma pretendem substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas.

Você vai gostar também...

Newsletter

Assine o nosso boletim informativo mensal. Clique aqui