Dieta hipercalórica e Fibrose Cística: 7 dicas para garantir uma alimentação adequada

Categoria: Notícias - Postador por: Comunicação IUPV - Data: 31 de julho de 2018

A adesão ao tratamento da Fibrose Cística é um passo importante para a melhora na qualidade de vida das pessoas diagnosticadas com a doença. Assim que o diagnóstico é feito, o tratamento deve ser iniciado de maneira imediata, garantindo uma boa nutrição e a redução dos impactos da Fibrose Cística na saúde dessa pessoa.

Na maioria dos casos, a base para o tratamento da doença é feita por meio da reposição das enzimas pancreáticas, na reposição de sal no organismo, no tratamento das infecções pulmonares, no suporte nutricional, na eliminação do muco com a fisioterapia respiratória e medicamentos específicos, entre outros.

Alimentação

Recomenda-se que quem tem Fibrose Cística opte por dietas hipercalóricas e hiperprotéicas, garantindo um bom estado nutricional por meio de uma alimentação rica em calorias, gorduras e proteínas. Para melhores resultados, também é possível utilizar suplementos alimentares. Mas fique atento! O ideal é sempre procurar um nutricionista para definir quais são as melhores opções para a sua saúde.

Para ingerir calorias suficientes, grande parte das pessoas com Fibrose Cística precisam de duas vezes mais calorias do que uma pessoa que não tem a doença. Pequenas mudanças nos hábitos alimentares e na rotina familiar podem fazer toda a diferença na melhora da sua qualidade de vida, por isso, é importante rever e adaptar os comportamentos de todos durante as refeições. Confira agora 7 dicas para garantir uma alimentação adequada:

  1. Adapte a dieta seguindo os gostos da pessoa com Fibrose Cística e também aos hábitos culturais de toda a família;
  2. Estabeleça uma rotina e respeite todos os horários anteriormente definidos para a realização das refeições;
  3. Garanta que o membro da família com Fibrose Cística sempre se alimente no mesmo horário das outras pessoas da casa. Isso garante o sentimento de pertencimento!
  4. Sempre realize uma reflexão sobre os cuidados com o corpo e os benefícios que uma alimentação hipercalórica trará para todos;
  5. Escolha sempre um ambiente agradável para realizar as refeições, evitando o uso de celulares, computadores ou aparelhos de televisão enquanto se alimenta;
  6. Toda pessoa com Fibrose Cística deve ter seu estado nutricional avaliado regularmente, assegurando que a ingestão calórica está adequada;
  7. A necessidade de consumo extra de calorias não significa que é indicado ter batatas fritas e sanduíches calóricos como a única forma de alimentação! Opte sempre por uma alimentação balanceada e por lanches saudáveis. Dessa forma, conseguirá ganhar peso, altura e, principalmente, saúde nutricional!

Seguindo essas dicas básicas é possível ter uma alimentação melhor e viver com a Fibrose Cística de forma mais leve e com maior qualidade.

Por Kamila Vintureli

Nota importante: As informações aqui contidas tem cunho estritamente educacional. Em hipótese alguma pretendem substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas.

Referências

OLIVEIRA, M. Fibrose Cística Para Pacientes e Seus Cuidadores. 2º edição. Belo Horizonte: Núcleo de Ações e Pesquisa em Apoio Diagnóstico, 2017.

TAULOIS, M. Nutrição Para Vida. Vertex. Equipe Fibrose Cística – Serviço de Pneumologia – PPC – UERJ.

https://www.chef4cf.com/nutrition-guide/cf-nutrition.html

Você vai gostar também...

Newsletter

Assine o nosso boletim informativo mensal. Clique aqui