Dia Nacional da Saúde: 3 dicas para se manter saudável em tempos de pandemia

Categoria: Central de Conteúdo - Postador por: Comunicação IUPV - Data: 05 de agosto de 2021

O dia 05 de agosto marca a passagem do Dia Nacional da Saúde, data criada com o objetivo de conscientizar a população sobre os cuidados que precisamos seguir para viver cada dia melhor, com mais saúde e disposição.

Apesar do avanço da vacinação contra a covid-19, a pandemia infelizmente ainda continua e precisamos seguir com os cuidados de distanciamento social e higiene para proteger a nossa saúde e a saúde das pessoas ao nosso redor. Pensando nisso, o time do Unidos pela Vida – Instituto Brasileiro de Atenção à Fibrose Cística preparou 3 dicas que vão reforçar os principais cuidados que devemos ter para se manter saudável em tempos de pandemia.

1- Cuide da higiene das mãos, alimentos e objetos

Com a pandemia, o álcool em gel passou a ser utilizado diariamente por toda a população mundial, não é verdade? Ele é um aliado importante para a higienização das mãos e também dos objetos que utilizamos no dia a dia. Tenha um frasco sempre por perto em casa, no seu trabalho e dentro da bolsa que você utiliza diariamente. Para manter as mãos sempre higienizadas, outra boa opção é a lavagem com água e sabão várias vezes ao dia por, no mínimo, 20 segundos. 

Além dos objetos e das mãos, de acordo com a Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ), é fundamental que a higienização dos alimentos seja feita no momento em que os itens chegarem na sua casa. No caso dos produtos embalados, é possível realizar a desinfecção com álcool a 70%. Porém, no caso das frutas, verduras e legumes, recomenda-se o uso de água sanitária (uma colher de sopa para cada litro de água). Mergulhe os itens nessa mistura por aproximadamente 15 minutos e depois passe os alimentos na água corrente.

2 – Continue com as etapas do seu tratamento

Sabemos que a adesão ao tratamento é algo fundamental para que pessoas com fibrose cística tenham mais saúde e qualidade de vida. Por isso, mesmo em tempos de pandemia, continue realizando todas as etapas do tratamento recomendadas pela sua equipe médica ou do seu filho diagnosticado com a doença, como fisioterapia respiratória, uso de medicamentos e inalação.

Outra etapa importante e que não pode ser deixada de lado é a prática regular de atividades físicas. Mesmo em períodos de isolamento e distanciamento social como o que estamos vivendo, é possível adaptar as práticas que mais lhe agradam para o espaço disponível em sua casa. Neste cenário, o ideal é sempre buscar ajuda de um profissional da área para que as atividades sejam realizadas da melhor forma possível.

3 – Não esqueça da sua saúde mental

Permanecer longe do trabalho, da faculdade e da escola por tanto tempo pode trazer sentimentos de angústia e ansiedade. Além disso, a saudade das pessoas que amamos também pode causar tristeza e solidão. Para evitar essa situação é importante manter a calma e compartilhar com as pessoas ao seu redor o que você está sentindo. Caso seja necessário, busque ajuda de um psicólogo para conversar e compartilhar o que está vivendo. 

Para os familiares que estão em dúvida se os filhos com fibrose cística devem voltar para a rotina escolar, a psicóloga Simone Scheibe afirma que o ideal é que, antes da família tomar uma decisão, ela realize uma conversa individualizada sobre o assunto com os profissionais da saúde que fazem o acompanhamento da criança ou adolescente no Centro de Referência. 

“O retorno presencial é importante, mas ele também deve ser discutido com a equipe para saber qual será a melhor estratégia para cada caso específico. Sabemos que esse retorno ao ambiente escolar é válido, mas no cenário da fibrose cística, ele deve ser pensado em conjunto para que os riscos e benefícios sejam avaliados.”

Esperamos que essas dicas tenham lhe ajudado, mas caso siga com dúvidas, entre em contato com a sua equipe médica. 

Por Kamila Vintureli

Referências:

https://portal.fiocruz.br/pergunta/quais-orientacoes-para-higienizacao-de-alimentos-para-prevenir-covid-19

http://portal.anvisa.gov.br/noticias/-/asset_publisher/FXrpx9qY7FbU/content/o-novo-coronavirus-pode-ser-transmitido-por-alimentos-/219201/pop_up?_101_INSTANCE_FXrpx9qY7FbU_viewMode=print&101_INSTANCE_FXrpx9qY7FbU_languageId=pt_BR

https://www.who.int/teams/mental-health-and-substance-use/covid-19

https://www.who.int/emergencies/diseases/novel-coronavirus-2019/question-and-answers-hub

Nota importante: As informações aqui contidas tem cunho estritamente educacional. Em hipótese alguma pretendem substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas.

Você vai gostar também...

Newsletter

Assine o nosso boletim informativo mensal. Clique aqui