5 benefícios do aleitamento materno que você precisa saber

Comunicação IUPV - 30/08/2022 11:41
Na foto: Verônica Stasiak, diagnosticada com fibrose cística, amamentando a Helena, que não tem a doença

Criada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), a campanha Agosto Dourado tem como principal objetivo conscientizar a população sobre a importância da amamentação como alimento natural e prioritário para todos os bebês ao redor do mundo.

De acordo com a OMS, o leite materno é o único alimento que a criança necessita até os seis meses de vida, não havendo a necessidade, com exceção de casos específicos, da suplementação alimentar com nenhum outro alimento ou líquidos. Para reforçar a importância disso, o Unidos pela Vida – Instituto Brasileiro de Atenção à Fibrose Cística, listou cinco benefícios do aleitamento materno que você precisa saber.

1. Fortalece o vínculo entre a mãe e o bebê, criando uma relação próxima desde a primeira alimentação da criança, além de reforçar o sentimento de segurança e afeto entre os dois.

2. Fortalece o desenvolvimento cognitivo, o que de acordo com o Ministério da Saúde, foi comprovado em diversos estudos comparativos entre crianças amamentadas e não amamentadas.

3. Diminui o risco de hipertensão, colesterol alto e diabetes, já que de acordo com o Ministério da Saúde, a exposição precoce ao leite de vaca é um fator determinante do Diabetes mellitus Tipo I, podendo aumentar o risco do seu surgimento em até 50%.

4. Melhora a nutrição, ajudando os bebês a se desenvolverem adequadamente, ganhando peso e estatura com mais facilidade, visto que o leite materno é uma fonte importante de nutrientes, como proteínas, gorduras e vitaminas.

5. Melhora a qualidade de vida de toda a família,  pois crianças amamentadas tendem a adoecer menos, necessitando de menos atendimento médico, hospitalizações e uso de medicamentos.

Na fibrose cística, é comum que bebês e crianças necessitem de suplementação alimentar. Por isso, caso tenha alguma dúvida sobre esse tema, compartilhe com a equipe médica do Centro de Referência. Esses profissionais poderão te ajudar a definir o que será melhor para a sua saúde e do seu filho.

Por Kamila Vintureli

Referências:

https://www.saude.pr.gov.br/Pagina/Aleitamento-Materno

https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/saude_crianca_nutricao_aleitamento_alimentacao.pdf

Quer fortalecer o trabalho realizado pelo Unidos pela Vida? Clique aqui e escolha a melhor forma de fazer uma doação.

Nota importante: As informações aqui contidas têm cunho estritamente educacional. Em hipótese alguma pretendem substituir a consulta médica, a realização de exames e/ou o tratamento médico. Em caso de dúvidas, fale com seu médico.

Fale conosco