Vacinação contra a gripe: cuidados na hora de tomar a vacina em tempos de pandemia

Categoria: Central de Conteúdo - Postador por: Comunicação IUPV - Data: 24 de abril de 2020

A segunda fase da campanha nacional de vacinação contra a gripe de 2020 começou no dia 16 de março. Nesta etapa, o público-alvo da campanha são os caminhoneiros e profissionais de transporte coletivo e portuários, indígenas, pessoas com doenças crônicas (de acordo com o Ministério da Saúde, pessoas com Fibrose Cística estão englobadas nessa categoria para vacinação nesta fase da campanha), profissionais das forças de segurança e salvamento, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional.

Essa segunda fase da campanha vai até o dia 8 de maio, mas muitas pessoas estão com receio de sair de casa e ir até os locais de vacinação por conta dos riscos de contaminação pelo novo Coronavírus, o Covid-19. Por isso, o Unidos pela Vida – Instituto Brasileiro de Atenção à Fibrose Cística, listou alguns cuidados que você deve ter na hora de se vacinar e esclareceu algumas dúvidas sobre o tema. Confira!

Vacina para a gripe previne a infecção pelo Covid-19?

Não! Muitas pessoas estão espalhando notícias falsas que afirmam que a vacina para a gripe também protege contra o novo Coronavírus, mas isso não é verdade! Ainda não existe uma vacina específica contra o Covid-19 e é importante que você não replique notícias que levam esse tipo de informação falsa para a população.

Por que é importante se vacinar contra a gripe em tempos de pandemia?

De acordo com o Ministério da Saúde, é muito importante que as pessoas se vacinem contra a gripe, mesmo neste período de pandemia. Com a garantia de que a população está vacinada contra a gripe, os casos de diagnóstico rápido e preciso do novo Coronavírus aumentam. Isso porque, como os sintomas das duas doenças são semelhantes, quando o paciente chegar no hospital apresentando esses sinais e informar que já recebeu a vacina contra a gripe, a equipe médica terá mais agilidade em descartar a hipótese da doença e focar na possibilidade do indivíduo estar com o Covid-19.

Além disso, por estar vacinado, a pessoa terá menos chances de ficar gripada e, consequentemente, não precisará se deslocar para um hospital onde poderia se expor ao risco de ser infectada pelo novo Coronavírus.

Que cuidados devo ter na hora da vacinação?

O Ministério da Saúde incentiva que as pessoas que fazem parte do público-alvo desta segunda etapa da campanha de vacinação contra a gripe procurem os postos de atendimento para se vacinar. Mas, quando realizarem esse deslocamento, é importante seguir alguns cuidados.

Saia de casa com sua máscara de proteção e se possível, leve um pequeno frasco de álcool em gel e utilize com frequência. Quando chegar no local, se houver fila, mantenha uma distância de dois metros entre as pessoas ao seu redor e utilize sempre sua máscara de proteção. Não cumprimente ninguém com apertos de mão, abraços ou beijos, inclusive os profissionais da saúde. Não seguir essa recomendação pode colocar a sua segurança e a segurança das outras pessoas em risco.

Enquanto aguardar sua vez, evite conversar com outras pessoas na fila, não toque em objetos ou superfícies do local onde está realizando a vacinação e evite tocar seus olhos, boca e nariz. Além disso, higienize muito bem as mãos com água e sabão antes de ir ao local e após tomar a vacina. 

A última dica é: programe-se para ir se vacinar em horários alternativos, em que a procura estará mais baixa e terão poucas pessoas aguardando pela vacinação. Isso evitará a aglomeração de pessoas.

Por Kamila Vintureli

Referências:

https://www.saude.gov.br/noticias/agencia-saude/46743-comeca-hoje-a-segunda-fase-da-campanha-nacional-de-vacinacao-contra-gripe

https://sbim.org.br/images/files/notas-tecnicas/sei-ms-0014014102-vacinacao-influenza.pdf

Nota importante: As informações aqui contidas tem cunho estritamente educacional. Em hipótese alguma pretendem substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas.

Você vai gostar também...

Newsletter

Assine o nosso boletim informativo mensal. Clique aqui