Depoimento Dia da Família – Débora Ferreira

Categoria: Depoimentos - Postador por: Comunicação IUPV - Data: 07 de dezembro de 2019

Acredito que aquela máxima de que “família é a base de tudo” é uma grande verdade. É no seio familiar que nascem os grandes amores – como o de mãe e filho -, que está o apoio incondicional e que moram os abraços mais apertados. Também está na família a grande rede de apoio que nós, que lidamos com a Fibrose Cística, tanto necessitamos. Quando recebemos o diagnóstico e parece que o chão some debaixo dos pés, é justamente a família que ajuda a encarar a notícia e lidar com o desconhecido.

Quando passamos por alguma internação é a família que nos ajuda a revezar em turnos intermináveis e dolorosos. Se uma bactéria é identificada, é a família que acalma os corações aflitos dos pais e dos pacientes. A família precisa estar unida e aprender a administrar as enzimas, a preparar as inalações e até ajudar a incentivar a prática de atividades físicas, tão importantes na Fibrose Cística. Ah, como é bom poder contar com a família!

E no Dia Nacional da Família, celebrado neste 8 de dezembro, é hora de agradecer aqueles que são alicerce, amor e força. E não importa se a sua família carrega o mesmo sobrenome que o seu. Família também são os amigos carinhosos que estendem a mão nos momentos mais difíceis e que viram anjos em nossas vidas. A minha família, que foi fundamental para que pudéssemos atravessar o período de internação neonatal do Igor, a minha gratidão eterna e amor incondicional. E a sua e todas as outras, o meu respeito e carinho.

Por Débora Ferreira, mãe de fibra do Igor, diagnosticado com Fibrose Cística.

Nota importante: As informações aqui contidas tem cunho estritamente educacional. Em hipótese alguma pretendem substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas.

Você vai gostar também...

Newsletter

Assine o nosso boletim informativo mensal. Clique aqui