Inspirar apoia familiares em denúncia sobre falta de medicação em Pernambuco

Categoria: Associações de Fibrose Cística - Postador por: Comunicação IUPV - Data: 29 de janeiro de 2020

No dia 27 de janeiro de 2020, membros da Associação Pernambucana de Amparo aos Fibrocísticos (APAF) – Lara Thays Mattos Sandes (INSPIRAR), ao lado de familiares e pessoas diagnosticadas com Fibrose Cística, realizaram uma denúncia sobre o atraso na entrega da Pancreatina (Creon) em Pernambuco.

O medicamento, essencial para dezenas de pessoas com a doença no estado, não é entregue desde novembro. Ou seja, os pacientes não têm acesso à Pancreatina há quase três meses, situação que está impactando negativamente na saúde de todos e trazendo angústia para seus pais e familiares. Atualmente, no estado de Pernambuco, existem 120 pessoas diagnosticadas com Fibrose Cística e cadastradas para o recebimento dos medicamentos recomendados para cada caso.

De acordo com a Flávia Ferrario, vice-presidente da associação, a luta seguirá até que todos os pacientes tenham acesso ao medicamento novamente.

“O laboratório informou que não possuem insumos suficientes para fornecer a medicação e que ainda não há previsão de entrega, o Estado cada hora nos dá uma justificativa diferente… Essa situação é injustificável! Os pacientes não devem ser punidos pela falta de organização para a aquisição de um medicamento que é de uso contínuo, cuja quantidade de pacientes é pequena e que sempre se sabe o quanto será usado por eles. Agora, entraremos com uma medida que exija que o Estado compre a Pancreatina nas farmácias particulares e distribua aos pacientes, pois diferente de outros medicamentos para a Fibrose Cística, o Creon tem para vender nas farmácias comuns. Esse é o próximo passo”, ressaltou a vice-presidente da entidade.

No dia 29 de janeiro, a INSPIRAR informou que chegaram algumas caixas de Pancreatina para serem distribuidas aos pacientes que residem na capital de Pernambuco, Recife. De acordo com a associação, a quantidade é insuficiente para atender todas as pessoas com Fibrose Cística da cidade e que para os municípios do interior nada foi enviado e eles continuam sem acesso ao medicamento.

“Seguiremos atuando com firmeza até que a situação se resolva de maneira definitiva e todos tenham acesso aos medicamentos que precisam para viver com mais saúde e qualidade de vida”, afirmou Flávia.

Sobre o medicamento

É comum que a Fibrose Cística cause problemas pancreáticos, situação que dificulta  absorção de gorduras e nutrientes e gera sintomas como diarreia e dificuldade para ganhar peso e estatura. 

A Pancreatina é uma enzima pancreática utilizada por muitas pessoas que possuem problemas pancreáticos causados pela Fibrose Cística. Elas ajudam na digestão de carboidratos, proteínas e gorduras, colaboram no ganho de peso do paciente e promove a absorção de nutrientes.

Por Kamila Vintureli

Nota importante: As informações aqui contidas tem cunho estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas.

Você vai gostar também...

Newsletter

Assine o nosso boletim informativo mensal. Clique aqui