Depoimento – Jamile Micaela Vasconcelos da Silva

Categoria: Central de Conteúdo - Postador por: Comunicação IUPV - Data: 13 de maio de 2020

Compartilhamos agora um pouco da história da mãe de fibra Jamile Vasconcelos da Silva. Ela é a mãe de fibra do Miguel, diagnosticado com Fibrose Cística no primeiro dia de vida. Essa linda família mora em São Paulo e realiza o tratamento no Hospital de Clínicas da cidade.

Assim que o resultado do Teste do Pezinho deu alterado para Fibrose Cística, a Jamile recebeu o contado da APAE, indicando que a repetição do exame seria necessária. Quando o resultado se repetiu, a família foi encaminhada para realizar o Teste do Suor no Hospital de Clínicas. Quando os testes foram positivos para Fibrose Cística, uma consulta com o pneumologista foi agendada.

“A dificuldade para ganhar peso foi o principal sintoma apresentado pelo Miguel desde o nascimento. Na primeira consulta com a pediatra ele tinha 9 dias de vida e só havia engordado 100 gramas. Ela nos informou que era pouco e comecei a observar que, sempre após as mamadas, ele tinha diarreia. Além disso, com o passar do tempo, a tosse foi aumentando. Com o tratamento tudo ficou melhor, mas ainda temos dificuldades para manter a rotina de inalações várias vezes ao dia”, contou Jamile.

A Jamile segue trabalhando para ajudar em casa e, por mais que a vontade seja enorme, não consegue dedicar todo o seu dia para os cuidados com o Miguel. E nessas horas a rede de apoio se mostra fundamental.

“Muitas vezes o Miguel não quer realizar a inalação, chora, alguns dias não quer comer… Muitas vezes ele está bem e, de repente, começa a tossir novamente. Eu trabalho de segunda à sexta das 07h às 17h, o que me impede de cuidar mais dele. Mas, graças a Deus, tenho meu marido e minha sogra que me ajudam nos momentos em que estou ausente e conseguem manter a rotina de tratamento do Miguel”, afirmou.

Mesmo com a rotina corrida e difícil, Jamile e sua família se esforçam ao máximo para cuidar do Miguel e garantir que os tratamentos serão realizados da melhor maneira possível para que esse salgadinho de fibra tenha cada dia mais saúde e qualidade de vida.

“Tudo fica mais difícil quando ele não está bem, mas creio que Deus me escolheu e escolheu a minha família para cuidar dele com muito amor e carinho. E se Ele nos deu essa bênção é porque somos capazes de vencer todas as batalhas que possam aparecer. Muitas vezes, quando paro para pensar no futuro, sinto medo. Será que ele vai crescer e conviver bem com a Fibrose Cística? Quando esses pensamentos chegam, faço de tudo para afastá-los e lembro o quão abençoados somos e quanta alegria o Miguel traz para nossas vidas. Peço a Deus que Ele fortaleça o coração de todas as mães de fibra para que possamos vencer essa luta e nossos filhos sigam crescendo com muita saúde”, finalizou Jamile.

Nota importante: As informações aqui contidas tem cunho estritamente educacional. Em hipótese alguma pretendem substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas.

Você vai gostar também...

Newsletter

Assine o nosso boletim informativo mensal. Clique aqui