Dia 24 – Jhennyfer Whnny | #30DiasdeFibra

Categoria: Depoimentos - Postador por: Comunicação IUPV - Data: 24 de setembro de 2019

Meu nome é Jhennyfer Whnny, tenho 19 anos e fui diagnosticada com Fibrose Cística aos 4 anos por meio do Teste do Suor. Receber o diagnóstico foi muito difícil para toda a minha família, afinal, ninguém tinha ouvido falar sobre a doença antes. Porém, ao mesmo tempo, o sentimento também foi de alívio por saber que havia tratamento e eu poderia ter uma vida normal.

Eu iniciei a faculdade de Fisioterapia em agosto de 2018 e isso me ajudou muito na realização dos exercícios respiratórios. Antes tinha um pouco de preguiça e agora que estudo sobre o assunto eu tenho um olhar diferente, consigo entender o que acontece com o meu corpo e isso me ajuda muito com o tratamento. 

A Fibrose Cística não me atrapalha em nada. Tirando em dia de consulta médica de rotina, que realizo a cada 3 meses, e os exames anuais, nunca precisei faltar, não fico de fora de nenhuma aula prática e faço questão de participar de tudo. Agora, estou super ansiosa pelo próximo ano, pois terei uma disciplina sobre a fisioterapia respiratória e quero saber mais para poder me ajudar.

Há algum tempo comecei a trabalhar, mas a rotina era muito corrida e limitava meu tempo para realizar o tratamento. A consequência dessa falta de flexibilidade da empresa foi a piora no meu estado de saúde. Adoeci e decidi sair do emprego e focar apenas nos estudos e no meu tratamento, afinal, não adianta ter dinheiro e não ter saúde para aproveitar.

Mas não desisti. Abri uma loja virtual e estou tendo um retorno ótimo e que me dá o dinheiro para fazer tudo que gosto: comprar roupas, comprar maquiagem, produtos para o cabelo e, claro, comer os lanches do Burguer King que eu gosto tanto.

Minhas aulas de jazz são a atividade que mais gosto de fazer. Eu amo dançar pois me sinto livre e fico com uma energia ótima. Antes fazia academia também, o que me ajudou muito a ganhar peso, mas acabei tendo que parar e pretendo retomar o mais breve possível.

Em abril de 2015 eu comecei a namorar e estamos juntos até hoje. Nós nos damos muito bem, ele sempre me acompanha nas consultas, exames e todo mês vai comigo buscar os remédios, porque pesa bastante. Ele sabe tudo sobre a Fibrose Cística, sempre pega no meu pé e puxa minha orelha para que eu faça o tratamento certinho e, para ele, eu ter a doença não é nenhum problema. No meu aniversário de 18 anos ele me pediu em casamento e já começamos a planejar tudo. Vamos casar em novembro deste ano e estou muito ansiosa. Está tudo contratado, só falta o dia chegar!

Acredito que seguir firme em busca dos meus sonhos é o segredo para ser feliz. Busco tudo o que desejo, sem esquecer de me cuidar para ter saúde e aproveitar tudo com qualidade de vida.

A Fibrose Cística é parte do que sou, não o limite do que posso ser.

Nota importante: As informações aqui contidas tem cunho estritamente educacional. Em hipótese alguma pretendem substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas.

Você vai gostar também...

Newsletter

Assine o nosso boletim informativo mensal. Clique aqui