Dia 16 – Leticia Becker | #30DiasdeFibra

Categoria: Depoimentos - Postador por: Comunicação IUPV - Data: 16 de setembro de 2019

Meu nome é Leticia Becker, tenho 22 anos e fui diagnosticada com Fibrose Cística aos 2 anos e meio. Por isso, desde cedo eu aprendi a conviver com as rotinas do tratamento, nebulizações, fisioterapia, consultas, internações e exames. 

Entre 2014 e 2017 passei por um quadro mais grave da doença, fiz cirurgia para retirada de bronquiectasias e durante a minha recuperação tive hemorragia interna devido ao rompimento de uma úlcera no estômago. Tive várias hemoptises e lutei bravamente com a balança onde cada 100 gramas de ganho de peso eram comemorados como uma grande conquista. Em junho de 2017 iniciei o uso do medicamento Orkambi que melhorou muito o meu quadro clínico, reduziu as infecções, as internações, ganhei peso e melhorei minha capacidade pulmonar, e com isso ganhei uma nova esperança para seguir em frente. Em novembro do ano passado recebi a triste notícia de que não iria mais receber o Orkambi, e até hoje aguardo uma decisão judicial. Em maio de 2018, durante uma gripe muito forte, foi confirmado que eu estava com H1N1, mas graças a Deus fui medicada a tempo e isso não causou nenhum dano maior para a minha saúde. 

Minha vida social nunca foi muito intensa, tenho poucos amigos e não sou muito de sair de casa, por isso, a Fibrose Cística não me atrapalhou muito neste sentido, e estive presente nos eventos de maior valor sentimental para mim, como festas de família, formaturas, aniversários. Minha rotina diária é bem puxada, pois além do tratamento e atividade física, estou no segundo ano da faculdade de Administração e estou trabalhando, o que me deixa muito feliz porque sei que não preciso viver somente para cuidar da Fibrose Cística e posso levar uma vida como as outras pessoas levam. Além dos meus pais e familiares que sempre me apoiaram no tratamento, hoje tenho meu namorado que é uma pessoa muito especial que me acompanha e me dá toda a força e apoio para seguir em frente.

Meus planos para o futuro incluem terminar minha faculdade, ter uma carreira profissional e seguir em frente com o meu tratamento, vivendo um dia de cada vez com a esperança de que os cientistas descubram novos medicamentos e talvez a cura para a Fibrose Cística.

Ela é parte do que sou, não o limite do que posso ser!

Nota importante: As informações aqui contidas tem cunho estritamente educacional. Em hipótese alguma pretendem substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas.

Você vai gostar também...

Newsletter

Assine o nosso boletim informativo mensal. Clique aqui