Dra Luciana Monte | Conheça os palestrantes do 2º Simpósio Brasileiro Interdisciplinar sobre Fibrose Cística

Categoria: Central de Conteúdo - Postador por: Comunicação IUPV - Data: 19 de julho de 2021

Pneumologista pediátrica do Hospital da Criança de Brasília José Alencar, professora da Universidade Católica de Brasília e vice-presidente da Sociedade de Pediatria do Distrito Federal, Dra Luciana Monte estará no 2º Simpósio Brasileiro Interdisciplinar sobre Fibrose Cística, como palestrante da mesa A tríade de adesão e os cinco pilares do cuidado. Acesse eventos.congresse.me/simposiofc2021 para conferir a programação completa e se inscrever.

Essa mesa abordará a adesão ao tratamento e seus desafios, aspectos que permeiam e envolvem não só o indivíduo com fibrose cística, mas também a família e a equipe multiprofissional. Além da Dra Luciana, participam a psicóloga Angelita Silva e Rafaeli Dallabrida, diagnosticada com fibrose cística. 

Conversamos com a Dra Luciana sobre suas expectativas para o evento:

Quando teve seu primeiro contato com a fibrose cística e o que mudou na sua atuação profissional desde então?

Enquanto aluna de Medicina, durante a minha graduação, tive contato com uma criança com suspeita de fibrose cística internada na enfermaria e, por algum motivo, nunca me esqueci dela. Talvez pelo olhar e a vontade de viver que ela demonstrava, e todo o desafio de viver com uma doença tão complexa. Um pouco depois, durante a residência médica de Pediatria, tive a oportunidade de cuidar de crianças e adolescentes com fibrose cística e me sensibilizei com a história de cada um deles. Sempre me marcam muito. 

A primeira pessoa com fibrose cística que acompanhei, já como residente de Pneumologia Pediátrica, foi a Débora. O convívio com ela e sua família foi muito marcante e intenso durante todo o meu processo de aprendizagem. Guardo até hoje suas histórias e um desenho que ela me deu. Esse pequeno quadro, tão simples, com listras coloridas e, ao centro, o meu apelido ‘LU’, representa um tão grandioso ‘queremos viver’, ‘cuida de mim’, ‘luta conosco’. Então, durante toda a minha formação, levo comigo histórias muito comoventes de luta, força, persistência e resiliência, como as da Débora. Sejam desfechos alegres ou não. Eu guardo com muito carinho cada rosto, cada história, cada desafio de todos os pacientes que já acompanhei e acompanho. O olhar de cada um deles, as histórias que eles compartilham e a vida que eles me confiam são o impulso para uma busca constante. 

Por eles busco ser uma médica melhor, desejo ajudá-los a alcançar os seus sonhos, e tenho como pilares da minha prática clínica a sabedoria, compaixão, seriedade, equilíbrio e sensibilidade. Durante toda essa caminhada, fui compreendendo que precisamos unir profissionais, pessoas com fibrose cística e familiares, pois lutamos pela mesma causa.

O que as pessoas podem esperar da sua participação no 2º Simpósio Brasileiro Interdisciplinar sobre Fibrose Cística? Compartilhe conosco um pouco sobre o que vai trazer durante a sua apresentação. 

Estou me dedicando muito e estudando ainda mais sobre o tema da minha mesa A tríade de adesão e os cinco pilares do cuidado pois seu debate é extremamente importante no cenário da fibrose cística. Acredito que a adesão ao tratamento e esses pilares do cuidado são essenciais para a realização do nosso sonho comum, que é ver as pessoas diagnosticadas com a doença tendo uma vida mais longa e com mais qualidade. E quando eu digo nosso sonho eu me refiro não apenas aos familiares e quem tem a doença, mas também a nós, profissionais da saúde. Para que esse sonho seja realidade precisamos de planejamento, engajamento, proatividade e dedicação de todas as pessoas envolvidas neste cenário. Será que as pessoas sabem o que interfere na adesão ao tratamento? Será que elas compreendem os pilares do cuidado na fibrose cística? É sobre isso que vamos discutir nesta mesa.

A temática do Simpósio este ano é “Ciência, Política Pública e Protagonismo”. Para você, por que é importante que toda a comunidade da fibrose cística do Brasil – incluindo profissionais da saúde, estudantes, pacientes, familiares e associações – discutam e saibam mais sobre esses temas?

Considero a Ciência como a base do conhecimento. Ela é informação, debate, sem ela não há como avançar, evoluir ou ter o embasamento necessário para tratar adequadamente alguém com alguma condição de saúde. Já as políticas públicas são uma forma de beneficiar a sociedade com tudo que a Ciência evidencia. Esperamos que por meio delas seja possível proporcionar aos cidadãos o acesso ao que precisam com organização, planejamento, dignidade e equidade. E para tudo isso acontecer precisamos ser protagonistas. Protagonistas das nossas vidas, da Ciência, do tratamento, dos nossos Centros de Referência. Precisamos ser líderes nas lutas por nossos objetivos. Esse simpósio reunirá grandes protagonistas para discutir assuntos muito importantes sobre a fibrose cística no Brasil, abrindo espaço para novos protagonistas.

Inscreva-se!

O 2º Simpósio Brasileiro Interdisciplinar sobre Fibrose Cística é uma realização do Instituto Unidos pela Vida e conta com patrocínio de Omron e Abbott e chancela da Sociedade Brasileira de Pediatria, Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia, Sociedade de Pediatria do Distrito Federal, Grupo Brasileiro de Estudos de Fibrose Cística e da Associação Brasileira de Assistência à Mucoviscidose. Acesse eventos.congresse.me/simposiofc2021 e inscreva-se!

Nota importante: As informações aqui contidas tem cunho estritamente educacional. Em hipótese alguma pretendem substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas.

Você vai gostar também...

Newsletter

Assine o nosso boletim informativo mensal. Clique aqui