Dr. Miquéias Lopes-Pacheco – Conheça os participantes do 1º Simpósio Brasileiro Interdisciplinar sobre Fibrose Cística

Categoria: Central de Conteúdo - Postador por: Comunicação IUPV - Data: 15 de novembro de 2020

Para onde vamos: a era da alta tecnologia para o tratamento da fibrose cística é o painel que encerrará o 1º Simpósio Brasileiro Interdisciplinar sobre Fibrose Cística. Acesse congresse.me/eventos/simposiofc2020 para garantir a sua vaga.

Dr. Miquéias Lopes-Pacheco é biomédico, investigador Júnior na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa e participará do painel como mediador ao lado da bióloga Dra. Patricia Shigunov e da biomédica, Dra. Iris Silva. Ele conversou conosco:

Quando teve seu primeiro contato com a fibrose cística e o que mudou na sua atuação profissional desde então?

Aconteceu quando eu tinha 13 anos e meu irmão mais novo, que na época tinha seis anos, recebeu o diagnóstico tardio para a doença, mesmo apresentando vários dos principais sintomas, como tosse crônica, pneumonia de repetição e suor mais salgado que o normal. Apesar desses sinais, naquele tempo a fibrose cística não fazia parte do painel de doenças que podem ser diagnosticadas pelo Teste do Pezinho. Além disso, muitos profissionais da saúde nunca tinham ouvido falar sobre o tema. Anos depois desse diagnóstico eu decidi estudar Biomedicina. Durante o quinto período, na matéria de Genética Humana, a professora dividiu a classe em duplas para a produção de um trabalho sobre doenças genéticas. Naquele momento eu escolhi a fibrose cística e pude compartilhar com meus colegas um pouco da realidade de quem tem a doença e falar das suas características biológicas. Foi aí que eu decidi que queria fazer mais pelas pessoas com fibrose cística e resolvi seguir na carreira acadêmica, focando minha linha de pesquisa na busca por tratamentos inovadores para o tratamento da doença.

Conte um pouco sobre o que as pessoas podem esperar da sua participação no 1º Simpósio Brasileiro Interdisciplinar sobre Fibrose Cística.

No painel que atuarei como mediador vamos falar sobre terapias inovadoras que estão sendo desenvolvidas e que prometem impactar de forma positiva na qualidade e expectativa de vida das pessoas com fibrose cística, focando principalmente nos moduladores da proteína CFTR e na terapia gênica e edição gênica, tópicos que prometem trazer uma mudança de paradigma na vida dos pacientes. Para as pessoas que têm interesse nesse tópico eu deixo a seguinte mensagem: uma nova era para a fibrose cística já começou e espero que todos assistam a esse painel, pois não tenho dúvidas de que a discussão será imperdível.

O simpósio estará aberto para a participação de toda a comunidade da fibrose cística do país, desde pacientes e familiares até profissionais da saúde e estudantes. Na sua opinião, qual a importância dessa pluralidade de público?

A abertura para participação de toda a comunidade da fibrose cística do Brasil no simpósio não é apenas um fator importante, mas também um fator crítico. Todos nós temos o mesmo objetivo que é melhorar a vida das pessoas com fibrose cística, mas cada um de nós tem um papel diferente a desempenhar para que esse objetivo seja alcançado. Portanto, precisamos de uma pluralidade de ideias e de todos vocês para fazer com que isso aconteça.

Inscreva-se!

O 1º Simpósio Brasileiro Interdisciplinar sobre Fibrose Cística é uma realização do Instituto Unidos pela Vida, com o apoio do Grupo Brasileiro de Estudos de Fibrose Cística (GBEFC) e da Associação Brasileira de Assistência à Mucoviscidose (Abram) e patrocínio de Roche e Sementes Jotabasso. Clique aqui para conferir a programação completa e garantir a sua vaga.

Nota importante: As informações aqui contidas tem cunho estritamente educacional. Em hipótese alguma pretendem substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas.

Você vai gostar também...

Newsletter

Assine o nosso boletim informativo mensal. Clique aqui