Vote na fundadora do Unidos pela Vida no prêmio Mulheres Raras 2020

Verônica Stasiak Bednarczuk de Oliveira é fundadora e diretora geral do Unidos pela Vida – Instituto Brasileiro de Atenção à Fibrose Cística e foi indicada ao prêmio Mulheres Raras 2020 na categoria Dirigente de ONG. Clique aqui para deixar o seu voto. A votação será encerrada no dia 12 de dezembro, às 18h. Até lá aproveite para divulgar entre seus amigos e familiares para que todos possam participar.

Psicóloga, especialista em análise do comportamento, gestora de projetos sociais, membro do Grupo Brasileiro de Estudos de Fibrose Cística (GBEFC), palestrante, mãe da Helena, esposa do Vinícius e inspiração para milhares de pessoas, Verônica foi diagnosticada com fibrose cística tardiamente, aos 23 anos. 

Pouco tempo antes de receber o diagnóstico, ela sonhou que estava em um campo verde junto com várias pessoas, embaixo de uma árvore, conversando sobre a importância que devemos dar ao ar que respiramos e o quão essencial é valorizá-lo todos os dias, não apenas quando não temos mais fôlego. Naquela noite, Verônica respirava com a ajuda de aparelhos há quase dois meses e não tinha previsão de voltar a respirar sozinha.

Quando acordou ela anotou o sonho e, a partir daquele momento, nascia o projeto “Respirando com Amor”, que tinha como propósito reunir pessoas com problemas respiratórios para compartilhar suas dificuldades e vitórias. Após receber a notícia de que tem fibrose cística, Verônica transformou a iniciativa no Instituto Unidos pela Vida, que há nove anos atua no fortalecimento e desenvolvimento do ecossistema da fibrose cística no Brasil e que foi eleito como a melhor ONG de pequeno porte do Brasil, dentre as 100 melhores do país, em 2018 e 2019.

Saiba mais sobre essa trajetória de muito trabalho, dedicação e sucesso na animação abaixo:

Sobre a premiação

O prêmio Mulheres Raras 2020 é uma realização do Instituto Vidas Raras e é promovido anualmente com o objetivo de reconhecer a presença da mulher com doença rara ou familiar de uma pessoa diagnosticada com uma patologia rara na sociedade. De acordo com a organização, a premiação ajuda a divulgar e a prestigiar estas mulheres que fizeram de suas vidas uma missão para salvar tantas outras.

Além da categoria Dirigente de ONG, em que Verônica está concorrendo, também é possível deixar o seu voto para outras indicações, como Mulher na Política, Cuidadora, Revelação, Empreendedora, entre outros. Clique aqui e participe!

Por Kamila Vintureli

Nota importante: As informações aqui contidas tem cunho estritamente educacional. Em hipótese alguma pretendem substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas.