Riscos ao não se vacinar durante a pandemia – Série Especial Coronavírus

Categoria: Central de Conteúdo - Postador por: Comunicação IUPV - Data: 12 de junho de 2020

Apesar de ser um tema amplamente discutido há muitos anos, a Organização Mundial da Saúde (OMS) e a UNICEF lançaram recentemente um alerta importante sobre os riscos que a não vacinação pode trazer para a vida de milhares de pessoas em todo o mundo. Por conta da pandemia causada pelo Covid-19, muitos países interromperam suas campanhas de vacinação e a estimativa é que mais de 80 milhões de bebês possam ficar sem a imunização.

O objetivo foi proteger a população dos riscos de contaminação pelo Covid-19, porém, de acordo com a OMS e a UNICEF, essa atitude pode interromper o progresso na prevenção de várias doenças ao redor do mundo, como o sarampo, por exemplo. 

Realidade no Brasil

No caso do Brasil, o Ministério da Saúde não anunciou nenhum tipo de interrupção ou alterações no Programa Nacional de Imunizações e as Unidades Básicas de Saúde (UBS), principais locais no país para a vacinação, seguem funcionando e aplicando as vacinas para a população.

Porém, algumas mudanças aconteceram para que as campanhas de vacinação continuassem no país. Em algumas regiões, as vacinas estão sendo aplicadas em um modelo de drive-thru (o paciente é vacinado pela janela do carro, sem precisar descer), para evitar o contato físico entre as pessoas, e medidas de segurança e proteção estão sendo aplicadas nas UBSs, como distanciamento de, no mínimo, 2 metros entre cada pessoa, utilização obrigatória de máscaras e disponibilização de álcool em gel. Antes de dirigir-se à UBS da sua região, informe-se se houve alguma alteração de local de vacinação. Algumas UBS alteraram os locais para evitar aglomeração e para concentrar em um local de apoio apenas a vacinação.

Fibrose Cística

Pessoas com Fibrose Cística fizeram parte do público-alvo da segunda fase da campanha nacional de vacinação contra a gripe e houve muita dúvida sobre que tipos de cuidados esse público e seus familiares precisam ter na hora da vacinação.

Por isso, caso você tenha Fibrose Cística e ainda irá tomar a vacina contra a gripe, ou é familiar de alguém com a doença e precisa ir até uma UBS para realizar a vacinação para a gripe ou outra doença (vacinas ou reforços previstos nos calendário vacinal), confira abaixo algumas recomendações importantes para evitar a contaminação pelo Covid-19.

E lembre-se sempre: em caso de dúvidas sobre a necessidade da vacinação em você ou em seu filho, entre em contato com a sua equipe médica!

Por Kamila Vintureli

Referências:

https://www.unicef.org/ukraine/en/press-releases/suspension-vaccination-due-covid-19-increases-risk-infectious-diseases-outbreaks

https://sbim.org.br/images/files/notas-tecnicas/sei-ms-0014014102-vacinacao-influenza.pdf

Nota importante: As informações aqui contidas tem cunho estritamente educacional. Em hipótese alguma pretendem substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas.

Você vai gostar também...

Newsletter

Assine o nosso boletim informativo mensal. Clique aqui