Depoimento – Vanessa Fernandes Martins

Categoria: Central de Conteúdo - Postador por: Comunicação IUPV - Data: 13 de julho de 2021

O time do Unidos pela Vida – Instituto Brasileiro de Atenção à Fibrose Cística compartilha agora um pouco da história da Vanessa Fernandes Martins. Ela mora em Antonina/PR e é mãe da Aylla Sofia, diagnosticada com fibrose cística após a triagem realizada no Teste do Pezinho e confirmação no Teste do Suor. Vanessa relembra que o íleo meconial foi o primeiro sintoma apresentado por Aylla, situação que fez com que os médicos suspeitassem que ela poderia ter fibrose cística.

“Fomos encaminhados para o Hospital de Clínicas aqui em Curitiba e foi aí que começou um dos piores momentos da minha vida. Aos três dias de vida ela precisou passar por uma cirurgia e foi muito difícil para mim e para toda a família. Felizmente, tudo aconteceu da melhor forma possível e logo tivemos a oportunidade de realizar o Teste do Pezinho, que indicou a fibrose cística, e o Teste do Suor, que confirmou o diagnóstico. A Aylla é um verdadeiro milagre de Deus. Com apenas um mês ela já havia feito cinco cirurgias e venceu todas essas batalhas. Agradeço muito a Deus e a todos os profissionais do hospital que me deram todo o apoio durante esse período.”

Vanessa afirma que não conhecia a fibrose cística antes de receber o diagnóstico da Aylla, mas que todo o suporte que recebeu e as informações que lhe foram passadas durante estes primeiros meses após a confirmação do diagnóstico fizeram toda a diferença.

“Eu não conhecia a doença e os profissionais me ajudaram muito explicando o que era, os sintomas que poderia causar e como iríamos tratar cada um deles para que minha filha vivesse cada dia melhor e com mais saúde. Encontrar o site e as redes sociais do Instituto Unidos pela Vida também me ajudou muito e pude receber conforto e ajuda por meio dos conteúdos publicados nestes canais. Aproveito esse espaço para agradecer todo o time do Instituto, pois vocês fazem toda a diferença na vida dos pais de fibra e das pessoas que têm fibrose cística em todo o país.”

De acordo com Vanessa, seu dia a dia mudou muito após receber a notícia de que sua filha tem fibrose cística. A rotina de tratamento para a doença acaba ocupando boa parte do seu tempo, mas ela afirma que cuidar da Aylla e realizar todas as etapas recomendadas pela equipe médica é sua prioridade.

“Infelizmente não tenho muita ajuda, mas encaro esse desafio com muita fé e coragem. Por enquanto, sou responsável por todo o tratamento da minha filha e faço tudo para garantir que ela viverá bem. Está sendo muito difícil, não nego, mas sigo determinada em dar o meu melhor pela Aylla. No começo foi um choque, mas quando olhamos para os nossos filhos, todas as dificuldades ficam pequenas e tudo fica mais fácil. Ser mãe de fibra é lutar a cada dia torcendo para que a cura chegue logo. É aprender diariamente e ter a esperança de que dias melhores virão.”

Quer compartilhar sua história conosco? Então faça como a Vanessa e entre em contato com o time do Unidos pela Vida pelo e-mail contato@unidospelavida.org.br ou pelo telefone (41) 99636-9493.

Por Kamila Vintureli

Nota importante: As informações aqui contidas tem cunho estritamente educacional. Em hipótese alguma pretendem substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas.

Você vai gostar também...

Newsletter

Assine o nosso boletim informativo mensal. Clique aqui