Just Breathe: Carmen, 32 anos

Categoria: Vivendo com FC - Postador por: Instituto Unidos pela Vida - Data: 20 de março de 2016

IMG_2234Eu fui diagnosticada com Fibrose Cística assim que nasci. Eles fizeram os testes em mim pois minha irmã já havia sido diagnosticada com FC previamente. Os meus sintomas, atualmente, são bem leves e eu tenho uma vida relativamente saudável.

Para mim, a FC não causou apenas problemas respiratórios e digestivos, mas também impediu o meu crescimento e fez com que ganhar peso fosse algo praticamente impossível. Eu tenho 1m 58 cm e 44 kg. Eu me sinto muito rica pelo fato de minha função pulmonar ser de 70%. Eu trabalho o dia inteiro e não tenho muitas restrições.Eu sou hospitalizada a cada um ano e meio, mais ou menos.

Eu amo ir para a praia, ler e andar de bicicleta. Eu tento viver a minha vida normalmente. Eu sempre tento tomar os meus medicamentos certinho e gostaria de poder adicionar uma rotina de exercícios nos meus dias corridos. Eu vivo cada dia conforme ele chega: um degrau por vez.

Minha irmã Heather é a única que realmente entende. Nós temos dois anos de diferença e você não poderia olhar para nós e imaginar que eramos doentes. Tudo foi muito difícil para mim, pois a FC me afetou diferentemente da minha irmã. A FC trouxe muitas complicações para a minha irmã, que precisou ir com frequência para o hospital. Aos 20 anos, ela esteve na fila de espera para um transplante, e um ano depois finalmente recebeu seus novos pulmões. Infelizmente, pouco tempo depois ela teve uma rejeição. Ela viver por apenas um ano depois de fazer o transplante. Acompanhar a Heather me fez encarar a doença de uma forma muito intensa, e isso me preocupa. Mas, ao mesmo tempo, a sua história me traz a força que preciso para lutar pelo meu futuro.

Eu sinto falta da minha irmã e melhor amiga, mas sei que ela não está mais sofrendo e que ela quer que eu continue lutando. Eu luto por ela.

Em alguns dias, só consigo pensar nisso, mas em outros nem lembro que tenho FC. A Fibrose Cística me faz querer viver o presente intensamente.

Tanto a foto quanto o texto desse post são propriedade de Ian Ross Pettigrew e fazem parte do projeto Just Breath – Adultos vivendo com Fibrose Cística. A tradução e reprodução desses materiais no site do Instituto Unidos Pela Vida foram autorizados pelo autor.

Newsletter

Assine o nosso boletim informativo mensal. Clique aqui