Adoção e a Fibrose Cística: Um caso de amor!

14191666_1105109022906996_704169753_oDepoimento enviado pela Mãe de Fibra Lu Viam! Quer enviar o seu depoimento também? Escreva para contato@unidospelavida.org.br! =)
“As minhas salgadinhas foram escolhidas por nós. Ao contrário da maioria dos pais, tivemos tempo de conhecer e estudar a Fibrose Cística antes de conviver com elas. Claro que na prática muita coisa muda, mas ainda assim acredito que fomos privilegiados por isso!
Minhas pequenas estavam naquela lista de crianças que não atendem ao perfil estabelecido pela maioria dos adotantes. Negras e com uma doença rara.
Chegaram pra nós muito abaixo do peso, quietinhas, assustadas, não comiam nada, só sabiam tomar mamadeira, isso com quase dois anos.
Foram alguns meses difíceis, criar nelas novos hábitos, achar um pediatra que conhecesse a FC, ser capaz de dormir sem auscultar as meninas a cada 5 minutos. Mas, estamos indo muito bem! Hoje elas estão ótimas, peso certo, comem super bem, são absurdamente sapecas e vivem como qualquer criança. Brincam, pulam, andam descalças na terra, adoram bichos.
Em setembro começarão a fazer natação e estão doidas pra começar fazer “baié” (balé), mas esse só depois do aniversário!
Enfim, quando escolhi adotar pedi ao Universo que me trouxesse os filhos que já eram meus, e posso garantir que não poderia ter escolha melhor, elas são a razão de viver da nossa família!”
Lu Viam, Mamãe de Fibra!