Depoimento – Carolina Rodrigues Oliveira

Categoria: Depoimentos - Postador por: Comunicação IUPV - Data: 26 de maio de 2020

Olá! Eu me chamo Vitor Henrique, tenho 4 meses de vida, tenho lábio leporino e fui diagnosticado com Fibrose Cística no meu primeiro mês de vida. Quando minha mãe, Carolina Rodrigues Oliveira, recebeu a notícia ficou angustiada, preocupada e se sentindo sem chão pois. Ela optou por buscar informações sobre a doença pela internet, o que não foi a melhor opção, pois encontrou apenas notícias ruins e desanimadoras.

Tudo isso mudou quando ela começou a se informar com a equipe médica que faz o meu acompanhamento. Eles a deixaram mais tranquila, mas as vezes ela ainda chora pelo fato do meu dia a dia ser muito cansativo. Fiquei internado durante 15 dias fazendo o uso de medicamentos na veia para tratar de uma bactéria chamada Pseudomonas Aeruginosa. Foram longos 15 dias, mas realizamos o tratamento com sucesso.

O que deixa minha mãe em paz é que cada dia eu demonstro mais força, sou alegre, risonho, feliz e esperto. Nunca perdi peso, ao contrário, ganho peso cada dia mais! Ter Fibrose Cística não é fácil, mas sou como qualquer criança e em alguns momentos necessitamos de uma atenção e um cuidado maior. Somos fortes, somos guerreiros, lutamos juntos e vamos vencer juntos. 

Meu nome tem um significado muito forte. Vitor significa Vencedor/Vitorioso e desse desafio vamos sair vencedores e cantando o hino da Vitória juntos. O meu dia a dia é composto por inalações e fisioterapia, tratamentos que só me fazem bem. As vezes eu choro um pouquinho, mas logo passa. 

Sejamos fortes pois essa vitória é nossa, Deus tem propósito para nossa vida e esse propósito é de vencermos mais essa batalha. Logo passarei por algumas cirurgias, mas crendo que em todas elas serei forte para poder contar meu testemunho e dar mais uma vez o meu depoimento. Que Deus nos abençoe, nos Guarde, nos Ilumine e que ele esteja com cada um de nós! Um forte abraço e um grande beijo!

Nota importante: As informações aqui contidas tem cunho estritamente educacional. Em hipótese alguma pretendem substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas.

Você vai gostar também...

Newsletter

Assine o nosso boletim informativo mensal. Clique aqui