Depoimento – Luciana Laranjeira

Categoria: Central de Conteúdo - Postador por: Comunicação IUPV - Data: 08 de dezembro de 2020

Compartilhamos a história da Luciana Laranjeira. Ela tem 38 anos e foi diagnosticada com fibrose cística tardiamente, em setembro de 2020. Ela é natural de Recife, Pernambuco, local onde recebeu o diagnóstico e realizou as consultas iniciais para iniciar o tratamento para a doença. 

“Desde que recebi o diagnóstico minha cabeça vive em um verdadeiro turbilhão. Sinceramente, quando paro para pensar, não sei como sobrevivi todos esses anos sem o diagnóstico adequado. No meu dia a dia eu sempre tomei muitos medicamentos, inclusive antibióticos, e realizei atividades físicas com frequência. Apesar disso, nunca tive melhora”, relembrou Luciana.

O Teste do Suor foi feito por Luciana há 15 anos, mas na época o resultado foi definido como inconclusivo e ela seguiu sem respostas para o que causava todos os problemas de saúde que a acompanharam durante toda a vida.

“Apesar do uso de medicamentos e prática esportiva eu só estava piorando. Na época que fiz o Teste do Suor não tive a possibilidade de realizar os exames genéticos, pois nenhum lugar da minha cidade o fazia. Porém, este ano, com meu quadro ficando cada vez pior, meu pneumologista orientou que eu buscasse o teste genético, e foi aí que conseguimos o diagnóstico. É importante lembrar que todos os tratamentos que realizei antes não eram direcionados especificamente para o tratamento da fibrose cística, já que não tinha o diagnóstico fechado, mas tenho certeza que, de alguma forma, eles me deram forças para chegar até aqui”.

Luciana afirma que o diagnóstico para a fibrose cística trouxe uma nova realidade para ela e toda a sua família.

“Assim que recebi o diagnóstico procurei informações sobre a fibrose cística e encontrei o Unidos pela Vida. Foi neste momento que me senti segura e resolvi entrar em contato para compartilhar um pouco da minha história. Eu sou casada, não tenho filhos e agora tenho certeza que uma nova fase da minha vida vai começar. Agora terei a chance de realizar o tratamento adequado para a doença e melhorar cada dia mais. Nos últimos meses eu tenho agradecido muito a Deus. Mesmo que tardio, o diagnóstico chegou e agora tudo irá melhorar”, finalizou Luciana.

Quer compartilhar sua história conosco também? Então entre em contato conosco pelo e-mail contato@unidospelavida.org.br ou pelo WhatsApp (41) 99636-9493. Vamos amar conhecer um pouco mais sobre você!

Nota importante: As informações aqui contidas tem cunho estritamente educacional. Em hipótese alguma pretendem substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas.

Você vai gostar também...

Newsletter

Assine o nosso boletim informativo mensal. Clique aqui