Mariella Brighenti Bortoluzzi – Conheça os palestrantes do 2º Simpósio Brasileiro Interdisciplinar sobre Fibrose Cística

Categoria: Central de Conteúdo - Postador por: Comunicação IUPV - Data: 06 de julho de 2021

Educadora física, Mariella Brighenti Bortoluzzi é uma das palestrantes do 2º Simpósio Brasileiro Interdisciplinar sobre Fibrose Cística, que acontece nos dias 6 e 7 de agosto e está com inscrições abertas no site eventos.congresse.me/simposiofc2021.

Mariella participará do painel Autocuidado e empoderamento do paciente no segundo dia do evento, ao lado da pneumologista pediátrica Dra Mônica Firmida e da diretora geral do Unidos pela Vida – Instituto Brasileiro de Atenção à Fibrose Cística e mãe de um adolescente diagnosticado com a doença, Dra Marise Basso Amaral. Confira a entrevista que fizemos com a Mariella sobre as expectativas para sua participação no evento:

O que as pessoas podem esperar da sua participação no 2º Simpósio Brasileiro Interdisciplinar sobre Fibrose Cística? Compartilhe conosco um pouco sobre o que vai trazer durante a sua apresentação. 

Vou falar sobre autocuidado e empoderamento. Minha visão sobre esses dois pontos é a de que eles são interligados e não dá para separar uma coisa da outra quando se fala de tratamento para a fibrose cística. A palavra empoderamento, para mim, significa ‘dar poder’ e esse poder é o conhecimento. Na fibrose cística o autocuidado só existe quando se tem conhecimento e o empoderamento se dá quando a informação significa algo para essa pessoa e é executada de forma ativa por ela.

Para mim, é preciso conhecer a doença, seus impactos no corpo e o caminho para chegar em resultados que trarão mais saúde e qualidade de vida. A pessoa diagnosticada, os cuidadores e familiares precisam saber o que acontece quando o tratamento é feito e quando ele não é feito. Ter esse conhecimento amplo sobre a fibrose cística é fundamental. Também vou falar sobre a importância da saúde mental para que o tratamento do corpo tenha resultado, pois acredito que precisamos estar bem para cuidar de nós mesmos. Este é um breve resumo do que vocês podem esperar da minha fala no evento.

A temática do Simpósio este ano é “Ciência, Política Pública e Protagonismo”. Para você, por que é importante que toda a comunidade da fibrose cística do Brasil – incluindo profissionais da saúde, estudantes, pacientes, familiares e associações – discutam e saibam mais sobre esses temas?

A relevância dessa temática, principalmente neste momento de luta pela incorporação de novos medicamentos no país, é imensurável. Tudo que foi conquistado até hoje aconteceu por conta da mobilização da comunidade da fibrose cística. Houve um tempo em que não tínhamos o básico, e hoje temos o tratamento completo – com exceção claro das novas drogas – porque as pessoas se uniram e conquistaram tudo isso no passado, criaram associações, investigaram os direitos dos pacientes e se mobilizaram de verdade. Mobilizar um grupo grande como o nosso faz com que várias pessoas, com conhecimentos diferentes, se encontrem e agreguem nesta luta pela nossa saúde. Por isso, colocar o maior número de pessoas envolvidas neste cenário é fundamental, visto que tudo que foi conquistado sempre acabou ficando ‘nas costas’ de poucos, e o debate que vamos realizar no simpósio vai dividir essas responsabilidades.

Garanta a sua vaga

O 2º Simpósio Brasileiro Interdisciplinar sobre Fibrose Cística será 100% online e todos os participantes que assistirem a no mínimo 70% do conteúdo receberão um certificado de 20 horas.

Acesse eventos.congresse.me/simposiofc2021 e inscreva-se! O evento é uma realização do Instituto Unidos pela Vida e conta com patrocínio de Omron e Abbott e a chancela da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), da Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia (SBPT), da Sociedade de Pediatria do Distrito Federal (SPDF), do Grupo Brasileiro de Estudos de Fibrose Cística (GBEFC) e da Associação Brasileira de Assistência à Mucoviscidose (ABRAM).

Nota importante: As informações aqui contidas tem cunho estritamente educacional. Em hipótese alguma pretendem substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas.

Você vai gostar também...

Newsletter

Assine o nosso boletim informativo mensal. Clique aqui