Dr. Rodrigo Abensur Athanazio – Conheça os palestrantes do 1º Simpósio Brasileiro Interdisciplinar sobre Fibrose Cística

Categoria: Central de Conteúdo - Postador por: Comunicação IUPV - Data: 10 de novembro de 2020

Dr. Rodrigo Abensur Athanazio é médico Assistente da disciplina de Pneumologia do InCor do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo e participará do 1º Simpósio Brasileiro Interdisciplinar sobre Fibrose Cística como palestrante da mesa Desafios no tratamento da fibrose cística: trabalho interdisciplinar e as novas demandas da telemedicina. 

O evento será \100% online, nos dias 20 e 21 de novembro, e você pode garantir a sua vaga e conferir a programação completa acessando congresse.me/eventos/simposiofc2020.

Conversamos com o Dr. Rodrigo sobre suas expectativas para o evento. Confira:

Quando teve seu primeiro contato com a fibrose cística e o que mudou na sua vida desde então?

Entrei em contato pela primeira vez com a fibrose cística durante minha residência em Pneumologia. Foi nesse momento que me interessei pela área e passei a acompanhar pessoas diagnosticadas com a doença. Comecei a perceber as particularidades da patologia e isso me marcou muito, pois logo no início dos atendimentos a gente via toda a complexidade da doença e o vínculo que a gente cria com os pacientes. Claro que tratamos todas as pessoas da mesma forma, mas quando estamos falando de uma doença rara e que atinge um número pequeno de pessoas, o vínculo que a gente cria com aquele paciente e com aquela família é, sem dúvidas, muito grande. É uma relação muito particular e existe uma troca muito grande. Sabemos como interferimos em suas vidas, conhecemos a batalha de cada um deles e lutamos juntos.

Conte um pouco sobre o que as pessoas podem esperar da sua participação no 1º Simpósio Brasileiro Interdisciplinar sobre Fibrose Cística.

Vou participar da mesa que falará sobre as novas demandas da telemedicina, situação que se acentuou este ano por conta da pandemia causada pela covid-19. É  um tema atual e de extrema relevância. Sabemos que a pandemia é um grande problema e que traz muita insegurança, mas ela vem também para aprendermos muito. Precisamos ver os pontos positivos e aprender com essa situação. Acho que um ponto extremamente importante será a discussão sobre a proteção das pessoas com fibrose cística e a questão do atendimento virtual que traz uma série de vantagens, como uma interação maior e a facilidade para tirar dúvidas. Precisamos perceber quais os benefícios que a telemedicina traz, mas também avaliar os pontos negativos, como a ausência do contato humano e a falta de uma interação mais próxima. Vamos falar sobre a necessidade de balancear esses dois lados.

O simpósio estará aberto para a participação de toda a comunidade da fibrose cística do país, desde pacientes e familiares até profissionais da saúde e estudantes. Na sua opinião, qual a importância dessa pluralidade de público?

A pluralidade de público do simpósio é algo fenomenal, uma excelente iniciativa. Precisamos conhecer o cenário como um todo e seus públicos. Sem dúvida os congressos médicos são importantes para o desenvolvimento técnico na área e na disseminação de conhecimento, mas precisamos lembrar que a informação não deve estar apenas com os profissionais da saúde. Precisamos considerar a formação de novos profissionais, por isso a presença de estudantes é muito importante, principalmente na divulgação das doenças raras, que geralmente durante a graduação são pouco estudadas. E, sobretudo, lembrar que, no final das contas, não adianta termos um profissional capacitado se a pessoa com fibrose cística não entende o tratamento recomendado e as particularidades da doença. Termos esse momento de troca e dedicado para o aprendizado do profissional da saúde junto à pessoa diagnosticada com a doença e seus familiares é algo muito importante. Uma pessoa que não está consciente do que está fazendo acaba aderindo menos ao tratamento, e sabemos que a adesão é fundamental para que esses indivíduos tenham mais qualidade de vida.

Inscreva-se!

O 1º Simpósio Brasileiro Interdisciplinar sobre Fibrose Cística é uma realização do Instituto Unidos pela Vida, com o apoio do Grupo Brasileiro de Estudos de Fibrose Cística (GBEFC) e da Associação Brasileira de Assistência à Mucoviscidose (Abram) e patrocínio de Roche e Sementes Jotabasso. 

Clique aqui para se inscrever.

Nota importante: As informações aqui contidas tem cunho estritamente educacional. Em hipótese alguma pretendem substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas.

Você vai gostar também...

Newsletter

Assine o nosso boletim informativo mensal. Clique aqui