Técnicas de fisioterapia respiratória: vibração

Categoria: Fisioterapia - Postador por: Comunicação IUPV - Data: 20 de fevereiro de 2020

Quando o assunto é o tratamento da Fibrose Cística, a fisioterapia respiratória é considerada uma etapa fundamental. Suas técnicas atuam na eliminação das secreções e também ajudam a aliviar os sintomas respiratórios causados pela doença. No site do Unidos Pela Vida você já conheceu um pouco mais sobre os aspectos gerais da fisioterapia respiratória e sobre uma das suas técnicas mais conhecidas, a tapotagem. Agora vamos falar um pouco mais sobre os procedimentos que envolvem a vibração.

Vibração

As técnicas convencionais de fisioterapia respiratória com vibração são realizadas por meio de forças mecânicas feitas com as mãos enquanto os braços ficam juntos e estendidos, aplicando a vibração diretamente no tórax da pessoa com Fibrose Cística.

A vibração torácica realizada com as mãos transmite essa vibração por meio da contração dos músculos presentes nos membros superiores do fisioterapeuta diretamente para o tórax de quem tem a doença.

Enquanto esse procedimento é realizado, a pessoa que está recebendo a vibração deve ser orientada a respirar profundamente. Enquanto expira, a vibração deve ser aplicada no tórax. Isso favorece o deslocamento das secreções.

Para que essa técnica aumente ainda mais a eliminação das secreções, é possível aliá-la com a compressão e descompressão do tórax. Essa situação aumenta a ventilação dos pulmões. No caso das crianças, a utilização de vibromassageadores é uma excelente opção para os pais e responsáveis que possuem dificuldades em realizar o procedimento.

A associação entre vibração e compressão torácica pode ser realizada manualmente ou com ajuda de aparelhos, como os coletes de compressão torácica de alta frequência. Os coletes atuam com insuflação do ar, agindo na compressão do tórax, e devem ser utilizados juntamente com a aplicação da pressão torácica em diferentes frequências de oscilação.

Existem alguns aparelhos mecânicos que produzem vibrações que são transmitidas diretamente para o tórax do paciente. Porém, grande parte desses equipamentos ainda não foi testada em pessoas com Fibrose Cística. Isso significa que ainda não existem resultados documentados sobre sua eficácia na eliminação de secreções do pulmão dessas pessoas.

Fique atento! Antes de optar por uma técnica de fisioterapia respiratória, consulte o seu fisioterapeuta e verifique qual é o melhor procedimento para você. Dessa forma, você garante a eficácia da técnica e não prejudica a sua saúde.

Referências:

AQUINO, E. Fisioterapia. Vertex: The Sciense of possibility. Ago./2018

Nota importante: As informações aqui contidas tem cunho estritamente educacional. Em hipótese alguma pretendem substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas.

Você vai gostar também...

Newsletter

Assine o nosso boletim informativo mensal. Clique aqui