ACAM-SC participa da X Jornada Catarinense de Pneumologia Pediátrica e Fibrose Cística

Nos dias 25 e 26 de outubro de 2019 foi realizada a X Jornada Catarinense de Pneumologia Pediátrica e Fibrose Cística em Florianópolis/SC. O presidente da Associação Catarinense de Assistência ao Mucoviscidótico (ACAM), Alcione Donisete Mota, colaboradores e outros membros da diretoria da entidade participaram do evento.
De acordo com Alcione, a Jornada foi uma ótima oportunidade para que a associação pudesse acompanhar as novidades que envolvem o ecossistema da Fibrose Cística no Brasil.
“Tivemos mais informações sobre novos medicamentos que estão sendo lançados para Fibrose Cística e suas indicações de uso. Por ser tudo muito novo, ainda há um certo receio sobre como tratar essas novidades dentro da nossa realidade, mas o nosso posicionamento é de que, caso o paciente seja elegível para novos medicamentos e terapias, a indicação por parte dos médicos deve ser feita tão logo o paciente atinja a idade necessária para começar a utilizá-lo”, afirmou o presidente da ACAM.
Os principais convidados da X Jornada Catarinense de Pneumologia Pediátrica e Fibrose Cística foram o Dr. Carlos Riedi, Especialista em pneumologia pediátrica, Doutor em Saúde da Criança e do Adolescente pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) e Professor do departamento de Pediatria da UFPR; Dr. Renato Stein, Especialista em Pneumologia Pediátrica, Chefe do Serviço de Pneumologia Pediátrica e Professor do Departamento de Pediatria da PUCRS e o Dr. Leonardo Araújo Pinto, Especialista em Pneumologia Pediátrica, Doutor em Saúde da Criança e Professor da Faculdade de Medicina da PUCRS.
O presidente da ACAM destacou a discussão realizada durante o evento sobre a transição ou transferência do paciente com Fibrose Cística do ambulatório infantil para o adulto.
“Dentro desse assunto ficou evidente a carência de ambulatórios para atender o público adulto no Brasil. Santa Catarina é um dos estados que precisa de um centro de referência de adultos, pois no momento, apenas testamos a adaptação em ambulatórios de pneumologia geral. Sentimos que seguimos no caminho certo na luta para que todos os atores envolvidos na aprovação e disponibilização dos novos medicamentos atuem da maneira mais rápida possível, fazendo com que os pacientes tenham acesso ao tratamento o quanto antes”, finalizou Alcione.
Você pode saber mais sobre a ACAM clicando aqui ou acessando o site da entidade em acam.org.br. 
Nota importante: As informações aqui contidas tem cunho estritamente educacional. Em hipótese alguma pretendem substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas.