Série Especial Coronavírus: principais dúvidas do público

Categoria: Central de Conteúdo - Postador por: Comunicação IUPV - Data: 09 de abril de 2020

Neste texto da Série Especial Coronavírus, a equipe do Unidos pela Vida – Instituto Brasileiro de Atenção à Fibrose Cística trará as respostas para as principais perguntas do nosso público sobre o novo Coronavírus, o Covid-19. Confira abaixo!

Pergunta 1: Os pais de crianças com Fibrose Cística devem usar máscaras em casa durante o isolamento social?

Pergunta enviada via Instagram

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), pessoas com sintomas do novo Coronavírus (falta de ar, tosse, febre, coriza), cuidadores desses pacientes que testaram positivo para o Covid-19 e profissionais da saúde são os grupos que devem utilizar máscara de proteção diariamente.

Não há nenhuma recomendação específica sobre a utilização de máscaras dentro de casa por familiares de pessoas com Fibrose Cística em isolamento social, desde que não apresentem nenhum sintoma. Porém, é importante lembrar que, caso esse familiar precise sair de casa, o uso da máscara é recomendado. Além disso, ao retornar, é fundamental que o item seja descartado e a pessoa que esteve no ambiente externo lave todas as roupas e sapatos que utilizou, tome banho imediatamente e higienize todos os objetos que trouxe para dentro de casa, além de descartar todas as embalagens que vieram da rua.

No caso das pessoas com Fibrose Cística, a utilização de máscaras é recomendada nas situações já previstas antes mesmo do início da pandemia, como durante consultas em hospitais e laboratórios. Além disso, caso precise sair de casa e frequentar locais com maior número de pessoas, o uso da máscara também se faz necessário, além do cuidado redobrado com o uso do álcool 70%.

Pergunta 2: Caso infectada pelo Covid-19, a pessoa com Fibrose Cística produzirá mais secreção?

Pergunta enviada via Instagram

Os principais sintomas do Covid-19 são as dores pelo corpo, febre, tosse, dor na garganta, congestão nasal, dor de cabeça e mal-estar. De acordo com o Grupo Brasileiro de Estudos de Fibrose Cística (GBEFC), é possível que, caso contaminada, a pessoa com Fibrose Cística apresente sinais específicos, como o aumento da secreção, mudança da coloração e aspecto do catarro e piora da falta de ar. Caso você identifique esses sinais em você ou em seu familiar, procure sua equipe de tratamento para a Fibrose Cística imediatamente! 

Ainda de acordo com o GBEFC, em situações mais graves como falta de ar, catarro com sangue, vômitos persistentes, incapacidade de se alimentar, prostração, lábios ou extremidades arroxeadas, é preciso procurar um serviço de emergência ou o seu Centro de Tratamento imediatamente.

Pergunta 3: Já existem casos confirmados de pessoas com Fibrose Cística que foram infectados pelo Covid-19? 

Pergunta enviada via Instagram

Sim. Até o momento a equipe do Unidos pela Vida tem conhecimento sobre oito pessoas com Fibrose Cística que testaram positivo para o novo Coronavírus. Esses pacientes residem nos Estados Unidos, Itália, Austrália e Grã Bretanha. 

Dentre esses casos está o Joseph, menino de 6 anos que mora nos Estados Unidos, venceu o Coronavírus e está curado do Covid-19. Saiba mais sobre esse caso clicando aqui. Ainda não temos casos confirmados de pessoas com Fibrose Cística que testaram positivo para o Coronavírus no Brasil.

Pergunta 4: Sou familiar de uma pessoa com Fibrose Cística e não posso ficar em isolamento social. Quais cuidados devo ter ao retornar para casa?

Pergunta enviada via WhatsApp e Instagram

Pessoas com Fibrose Cística estão no grupo de risco para a contaminação do novo Covid-19, por isso, é fundamental que sigam a recomendação de permanecer em isolamento social, incluindo seus familiares e pessoas próximas que, caso seja possível, também devem permanecer em quarentena.

Apesar de ser importante, sabemos que não são todos os familiares que podem optar pelo isolamento social neste período. Nesses casos é importante que, ao retornar, a pessoa retire as roupas que utilizou externamente e as lave imediatamente, assim como os sapatos. Depois é indicado que a pessoa tome banho e higienize as mãos com muito cuidado antes de ter contato com os ambientes compartilhados da casa. Caso ela traga objetos, como alimentos, todos os itens devem ser higienizados antes do armazenamento ou consumo e as embalagens devem ser descartadas.

Pergunta 5: Quem recebe o LOAS tem direito ao auxílio emergencial do governo?

Pergunta enviada via WhatsApp

Não. Pessoas que recebem auxílio em programas de transferência de renda federal, com exceção do Bolsa Família, não têm direito ao auxílio emergencial pago pelo governo para ajudar a população durante a crise causada pela pandemia do Covid-19.

O Unidos pela Vida preparou um material com todos os requisitos necessários para que o benefício possa ser solicitado. Basta clicar aqui para conferir se você atende aos critérios e poderá solicitar o auxílio.

Caso você tenha dúvidas que não foram listadas neste texto, entre em contato conosco pelo whatsapp (41) 99636-9493 ou pelo e-mail contato@unidospelavida.org.br. Ficaremos felizes em ajudar com seus questionamentos sobre o assunto!

Referências:

https://auxilio.caixa.gov.br/#/inicio

http://portalgbefc.org.br/site/pagina.php?idpai=9&id=241

https://www.cff.org/Life-With-CF/Daily-Life/Germs-and-Staying-Healthy/What-Are-Germs/Coronavirus/COVID-19-Community-Questions-and-Answers/

Nota importante: As informações aqui contidas tem cunho estritamente educacional. Em hipótese alguma pretendem substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas.

Você vai gostar também...

Newsletter

Assine o nosso boletim informativo mensal. Clique aqui