31 de março – Dia da Saúde e Nutrição

No Brasil, o dia 31 de março marca o Dia da Saúde e Nutrição. Criada pelo Ministério da Saúde, o objetivo da data é chamar a atenção da população para as boas práticas de alimentação e incentivar uma reflexão sobre nossos hábitos alimentares.
Todos nós precisamos seguir uma alimentação equilibrada para nos manter saudáveis, e isso não é diferente entre as pessoas com Fibrose Cística. É importante que elas sejam acompanhadas de perto por um nutricionista, profissional que saberá quais alimentos serão os mais adequados e qual dieta funcionará no caso dessa pessoa em específico.
Em várias situações, recomenda-se que quem tem Fibrose Cística opte por dietas hipercalóricas e hiperproteicas, garantindo um bom aproveitamento nutricional por meio de uma alimentação rica em calorias, gorduras e proteínas. Além disso, também é possível fazer uso de suplementos alimentares para alcançar melhores resultados. Mas lembrando: o ideal é procurar um nutricionista para definir quais são as melhores opções para a sua saúde.
Para adquirir calorias suficientes, grande parte das pessoas com Fibrose Cística precisam ingerir duas vezes mais calorias do que uma pessoa que não tem a doença. Por isso,  pequenas mudanças na alimentação e na rotina familiar podem fazer a diferença na melhora da saúde. Confira agora algumas dicas para tornar-se uma pessoa mais saudável e com qualidade de vida:

  • Siga as dicas nutricionais e dietas indicadas pelo seu médico ou nutricionista. Esses profissionais saberão o que funcionará melhor para o seu corpo e metabolismo;
  • Faça com que toda a família também siga alguns aspectos da sua dieta. Assim, os hábitos alimentares farão parte da rotina familiar ;
  • Incentive que o membro da família com Fibrose Cística realize suas refeições no mesmo horário das outras pessoas da casa sempre que possível. Isso garante o sentimento de pertencimento;
  • Reflita sobre os cuidados com o corpo e os benefícios que uma alimentação equilibrada e saudável trará para todas as pessoas ao seu redor;
  • Realize as refeições em ambientes agradáveis e evite o uso de celulares, computadores ou aparelhos de televisão enquanto se alimenta. Esse é um bom momento para conversar com as pessoas ao seu redor, contar sobre o seu dia e saber mais sobre quem você ama;
  • Avalie seu estado nutricional de maneira regular com um profissional qualificado. Assim, você pode  assegurar que sua ingestão calórica está sendo adequada e terá mais chances de se manter saudável;
  • Lembre-se que a necessidade de consumo extra de calorias não quer dizer que você deve comer apenas lanches calóricos e com pouco valor nutricional. Siga uma alimentação balanceada e opte por alimentos saudáveis sempre que possível, garantindo um melhor ganho de peso, altura e saúde nutricional.

Seguindo essas dicas é possível melhorar  sua alimentação e viver com a Fibrose Cística de maneira mais leve, com maior qualidade de vida. Mas não se esqueça: o acompanhamento médico é fundamental para garantir sua saúde. Em caso de dúvidas sobre sua alimentação, procure seu nutricionista.
Por Kamila Vintureli
Referências:
OLIVEIRA, M. Fibrose Cística Para Pacientes e Seus Cuidadores. 2º edição. Belo Horizonte: Núcleo de Ações e Pesquisa em Apoio Diagnóstico, 2017.
TAULOIS, M. Nutrição Para Vida. Vertex. Equipe Fibrose Cística – Serviço de Pneumologia – PPC – UERJ.
Nota importante: As informações aqui contidas tem cunho estritamente educacional. Em hipótese alguma pretendem substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas.