Indústria submete dossiê do Symdeko para a Conitec solicitando a avaliação para incorporação no SUS

Categoria: Central de Conteúdo - Postador por: Comunicação IUPV - Data: 27 de julho de 2021

Em 27 de julho de 2021 a Vertex Pharmaceuticals, indústria fabricante do Symdeko (Tezacaftor/Ivacaftor), submeteu o dossiê do medicamento para avaliação da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único de Saúde (Conitec).

Este dossiê contém todas as informações importantes sobre o medicamento, como dados sobre sua indicação, eficácia, preço, entre outros aspectos. Agora, a Conitec irá avaliar este documento no prazo de 180 dias (período que pode ser prorrogado por mais 90 dias). Nesse período, está incluído o tempo de avaliação, reunião de apresentação (apreciação) inicial, parecer preliminar favorável ou desfavorável, abertura e prazo para contribuição nas consultas públicas, encerramento da consulta, segunda plenária e recomendação final de incorporação ou não ao SUS. Todas as etapas serão amplamente divulgadas pela Conitec e replicadas pelo Instituto Unidos pela Vida. 

Este pedido representa mais um importante passo para a comunidade da fibrose cística no Brasil. A equipe do Unidos pela Vida – Instituto Brasileiro de Atenção à Fibrose Cística seguirá trazendo todas as informações sobre a sequência do processo de incorporação do Symdeko e de outros medicamentos para a fibrose cística no Brasil. Em caso de dúvidas, entre em contato conosco pelo e-mail contato@unidospelavida.org.br ou pelo telefone (41) 99636-9493.

Sobre o medicamento: O Symdeko foi aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para o tratamento da fibrose cística em pacientes com 12 anos de idade ou mais que tenham duas cópias da mutação F508del, ou que tenham uma cópia da mutação F508del e pelo menos uma das seguintes mutações no gene da FC: P67L, D110H, R117C, L206W, R352Q, A455E, D579G, 711+3A→G, S945L, S977F, R1070W, D1152H, 2789+5G→A, 3272-26A→G, e 3849+10kbC→T.

Nota importante: As informações aqui contidas tem cunho estritamente educacional. Em hipótese alguma pretendem substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas.

Você vai gostar também...

Newsletter

Assine o nosso boletim informativo mensal. Clique aqui